Não fique para trás na guerra por talentos, tenha a tecnologia como sua aliada nesse jogo, não como inimiga

Na Fórmula1, alguns segundos podem representar a vitória na bandeirada final e a segunda colocação. Na natação, apenas um segundo pode ser a diferença entre a medalha de ouro e a de prata. Já no futebol, três minutos de análise do arbitro de vídeo, o chamado VAR, representa tempo desperdiçado. Mas, e no recrutamento e seleção de candidatos, o que representa dias de atraso no SLA da vaga – como é chamado no jargão da área o tempo de fechamento da vaga.

De maneira geral, apenas um dia de atraso no processo pode representar custos à organização, mais trabalho para o recrutador e, pior, o candidato ideal para a sua vaga pode ter sido preterido por outra empresa nesse ínterim de 24 horas. Todo atraso gera custos e desgaste entre as pessoas envolvidas.

Como vemos, conseguir cumprir ou reduzir o SLA da vaga é benéfico para todo ecossistema de Talent Acquisition. É essencial que o tempo de fechamento da vaga não seja apenas mais um número, mas que seja um indicador que otimize o trabalho do recrutador e traga bons resultados para a companhia.

Por isso, neste artigo, destacamos a importância do SLA da vaga e como a escolha da tecnologia certa é fundamental para ajudar você a selecionar melhor os talentos e gastar menos no seu processo de R&S. Confira!

Qual é a importância do SLA da vaga?

O tempo de fechamento da vaga mede o número de dias entre a aprovação da oportunidade pela empresa até a conclusão do processo, com o aceite do candidato à oferta de emprego. Em artigo anterior deste blog, apresentamos como inferir essa métrica e a compreender a relevância dessa conta.

De forma resumida, o SLA fornece informações relevantes sobre duas etapas do processo de recrutamento:

Eficiência de recrutamento

A métrica que avalia a velocidade do processo – o tempo em que o candidato é computado, avaliado, entrevistado e aceito para um trabalho. A lentidão nessas etapas, em geral, indica um processo ineficiente com gargalos desnecessários.

Experiência do candidato

Um tempo de contratação mais rápido resultará em uma experiência melhor para o candidato. Basta se colocar na pele do profissional que está buscando uma nova oportunidade. Se ele ficar duas semanas aguardando um feedback para a próxima fase, ele tende a se desinteressar pela vaga. Lembre-se! Vivemos na era da ansiedade.
Indo além dessa análise mais ampla, colocando a devida lupa no seu processo de SLA da vaga, é possível ainda observar outros indicadores que podem fazer a diferença na eficiência do processo e na experiencia do candidato, tais como:

  • prazo para candidaturas;
  • comunicação entre empresa e candidato;
  • engajamento dos candidatos à vaga;
  • tempo de cumprimento dos processos internos;
  • comunicação entre recrutadores e gestores de área.

Olhar para o tempo de fechamento da vaga, é ter uma visão panorâmica de seu processo para compreender o que está funcionando e o que não para, em seguida, corrigir os gaps e ser mais assertivo.

Tecnologia a favor do R&S

Se antes, sair à caça de um talento, era um trabalho de lobo solitário, hoje, o profissional de R&S conta com tecnologias que o ajudam nessa tarefa, melhorando os indicadores do processo, inclusive, o SLA da vaga.

Toda contratação já é um custo para o empreendimento, mas ela logo se transforma em investimento se for feita corretamente com a redução de prazos. Diante disso, você precisa escolher seu braço direito, uma plataforma de recrutamento e seleção , que gere resultados, e não apenas dores de cabeça.

Faça, portanto, a sua tecnologia de R&S passar por um processo de seleção acurado, observando os seguintes questionamentos:

  • Onde sua vaga pode ser publicada?
  • Quais partes do processo de R&S a ferramenta automatiza?
  • Será necessária a compra de outras tecnologias para ter todo o processo de R&S automatizado?
  • Ela fornece dados para a tomada de decisão?
  • As informações dos candidatos e do processo de R&S ficam organizadas, com fácil acesso, ou ficam pulverizadas?

Qualquer gargalo identificado em uma dessas perguntas pode atrasar o seu processo de recrutamento e seleção.

Como reduzir o tempo de preenchimento com a tecnologia certa?

Se você deseja reduzir o tempo de preenchimento, pense em usar estratégias e tecnologias de recrutamento mais eficientes. Aqui estão algumas ideias:

Acesso ágil aos candidatos certos

Você não precisa procurar candidatos do zero sempre que uma vaga é aberta. Se o seu ATS funcionar em conjunto com o job board, sua empresa já saiu na frente na corrida pelo melhor candidato. É o que acontece na plataforma de R&S VAGAS for business, que vai muito além de um ATS comum por ser a única plataforma integrada com o VAGAS.com.br, o site de carreiras que conta com 19 milhões de candidatos cadastrados gratuitamente e recebe mais de 500 mil acessos diários de pessoas procurando pela oportunidade certa.

E mais: ela também oferece a  possibilidade de ampliar o alcance da vaga por meio da publicação em diversos canais de comunicação sem que você precise abrir novo processo de divulgação.

Crie uma experiência de candidato eficaz

Você não quer ser conhecido como uma empesa burocrata para os profissionais de mercado, certo? Portanto, o melhor caminho é oferecer uma rica experiência do candidato com uma comunicação eficiente, rápida e transparente.

Para tanto, você precisa selecionar uma ferramenta que lhe ofereça as seguintes funcionalidades:

. uma imagem geral de todos os touchpoints com o candidato;
. envio de mensagens automáticas em massa;
. página de carreira personalizada para você expor a sua marca empregadora;
. chats seguros para você dialogar rapidamente com seu candidato

Fuja de informações pulverizadas

Existe coisa pior do que tentar reunir informações pulverizadas? Esse é o cenário de terror que qualquer profissional de Talent Acquisition quer fugir.
Para tanto, é preciso evitar os ATS que funcionam como uma pegadinha. Eles te oferecem metade do processo na plataforma deles, mas outra parte do R&S precisa ser rodada em outras plataformas que, muitas vezes, não se conversam entre si. Aqui você perde tanto em eficiência quanto em custo.

Neste caso, os dados ficam espalhados e terão de ser processados manualmente por você, profissional de R&S.

Automatize processos burocráticos

Você não quer voltar para a era das trevas do R&S, certo? Então defina ferramentas que possam te ajudar a reduzir o tempo gasto na divulgação, comunicação e ranqueamento de currículo.

Afinal, leva muito tempo para espalhar seu anúncio por diversas plataformas, estabelecer uma comunicação one to one com os profissionais interessados da sua oferta e ainda ter de ranqueá-los, quase que artesanalmente, para saber quem chega à final do processo. Escolha, portanto, uma plataforma completa que trabalhe com:

  • inteligência artificial
  • relatório de vagas;
  • dashboards (relatório gerenciais) com análise de dados sobre o processo;
  • ranqueamento de candidatos, de acordo com o critério do recrutador;
  • ferramentas adicionais tais como construtor de testes customizados de línguas e comportamentais;
  • envio automático de mensagens de etapas do processo;
  • feedback programado;

Um problema em qualquer uma dessas ideias apresentadas pode representar um retrocesso a algumas casas no jogo de caça aos talentos. Eventualmente, isso significará perda de tempo para a contratação do profissional ideal à sua organização e uma piora nos indicadores de SLA.

Cuidado: não confunda as siglas

Por fim, vale a pena destacar que há no mercado muita confusão com a sigla SLA. No caso desse artigo, como já amplamente mencionado, ela se refere ao tempo entre a oportunidade aberta pela empresa até o sim do candidato à organização.

No entanto, é bom salientar que a sigla SLA, dependendo do contexto, pode ter outro significado. Ela pode representar uma espécie de contrato de nível de serviço, pois vem da abreviação no inglês de Service Level Agreement (SLA). Fique atento!.

Agora, que você já sabe que precisa achar a plataforma ideal para reduzir suas metas de SLA de vaga, que tal compreender melhor o cenário que a pandemia te reserva? Elaboramos um guia com soluções práticas para os desafios que os novos tempos trazem aos processos seletivos.