Entenda a função do RH contra preconceitos no ambiente de trabalho

Pesquisa desenvolvida pela VAGAS.com em parceria com a consultoria Talento Incluir descobriu que quase metade das pessoas já se sentiu discriminada no ambiente de trabalho. Tendo esse número em vista, sempre vem a pergunta: qual o papel do RH contra discriminação e o que fazer para evitá-la?

Dentre os entrevistados e que responderam “sim” à pergunta “Quem já foi discriminado no ambiente de trabalho?” estão pessoas acima de 30 anos, negros e pessoas com deficiência.

Papel do RH contra discriminação

Segundo o dicionário Sacconi, discriminação, dentre outras definições, significa diferenciação, exclusão, afastamento ou segregação, tratamento de forma injusta ou desigual. Infelizmente, essas definições não se limitam a palavras impressas dentro de um livro, visto que a discriminação está arraigada em nossa sociedade e é sentida todos os dias.

Além disso, dentro do ambiente de trabalho os dados se tornam ainda mais relevantes, considerando que muitas vezes o papel do RH nas empresas não fica muito bem definido, pois o time é responsável diariamente por multitarefas.

Discriminações relacionadas à idade, condição social e/ou financeira, forma de se vestir, cor da pele ou origem, local onde mora, peso e religião são frequentes dentro do ambiente de trabalho, segundo os dados no e-book sobre diversidade.

Muitas vezes são irreversíveis os danos psicológicos causados na vida social e profissional de alguém que já sofreu algum tipo de discriminação no ambiente de trabalho.

Os números são um alerta para a conscientização não apenas do papel do RH, mas também de todos os profissionais que trabalham juntos na empresa, seja ela pequena, média ou grande para que o assunto não seja tratado de modo simples ou informal.

A diversidade é importante para a saúde e o crescimento das empresas e dos indivíduos que a compõem. É possível começar fazendo a inclusão de profissionais com deficiência na sua organização, por exemplo.