Como identificar o DNA da empresa auxilia na retenção de funcionários

Toda empresa precisa ter uma identidade organizacional bem definida, ou seja, possuir uma cultura e estratégia de negócio únicos e claros. No artigo “How to Discover Your Company´s DNA” na tradução para o português, “Como descobrir o DNA da sua companhia” – para a Harvard Business Review, Mark Bonchek, CEO da Shift Thinking, revela que entender a própria identidade auxilia no que fazer e no que não fazer, além de promover mais agilidade e autenticidade nesse mundo em constante transformação.

Bonchek defende ainda que a organização deve se manter verdadeira ao seu DNA para impulsionar sua estratégia externa e seu gerenciamento.

O que é identidade organizacional?

Identidade organizacional é o conjunto de ideias que os membros de uma empresa consideram principais, distintivas e duradouras. Ela é influente nos comportamentos de líderes e membros em muitos aspectos dentro de uma organização.

Como descobrir o DNA corporativo

Para descobrir o DNA da organização, comece pesquisando os arquivos da companhia, conversando com os colaboradores e lendo sobre sua história. Tome conhecimento da visão original e dos valores dos fundadores. Como veem o mundo? Quais problemas foram resolvidos? Como foi o comportamento humano e a criação dos valores? E qual foram os propósitos que os guiaram.

“Uma vez que o DNA foi encontrado, mapeie o passado da companhia e o negócio atual. Finalmente, ao considerar as futuras estratégias, veja como aprimorar a competitividade e a habilidade de expressar sua identidade organizacional de novas maneiras que criem valores e vantagens sustentáveis”, acredita Bonchek.

Não há companhia sem cultura

Ao resgatar o DNA da sua organização, analise o mercado e lembre-se que a identidade é composta por decisões e comportamentos corretos, motivações e compromissos, informações e crenças, além de pessoas.

Focar apenas na estrutura organizacional não resolverá os problemas. Mudar gestores e cortar custos pode ser um caminho inicial, mas é preferível dar atenção a questões como tomadas de decisão e fluxo de informações e depois buscar mudanças estruturais para revitalizar a companhia.

Tenha sempre em mente que não há companhia sem cultura e que você precisará encontrar os talentos certos de acordo com o fit cultural. Priorize comportamentos poderosos e positivos para reter clientes e empregados. Quanto maior a conectividade entre diferentes departamentos e equipes, mais eficiente será a organização.

Como construir a identidade organizacional

Você conta com profissionais talentosos, mas não os vê motivados ou felizes. A visão deles é diferente da sua? Mudar e construir a identidade organizacional é um grande desafio, mas aqui citamos três passos para te auxiliar nessa tarefa:

1. Mude a cultura corporativa

Antes de trazer mudanças para a companhia como um todo, comece com quem está no comando. Mesmo que você trabalhe sozinho, identifique seus objetivos e sua visão. Seja realista com suas expectativas, melhore sua comunicação e olhe para dentro para entender como suas falhas estão impactando negativamente o negócio. Se a corporação está indo mal, como esperar que a cultura mude para uma nova?

2. Decida o que precisa mudar

Após perceber como a cultura está afetando a companhia, é hora de decidir o que é preciso mudar. Seus profissionais estão desmotivados? Estão sempre atrasados? O ambiente de trabalho é tão casual que clientes e consumidores estão reclamando de mau comportamento? Há conversas sobre baixos salários? Lembre-se que esses são todos sintomas de um problema maior.

3. Transforme o ambiente de trabalho

Para mudar a identidade organizacional, é preciso ir até a raiz do problema. Mas não será possível mudar a atitude de todos de uma única vez. Ao invés disso, encontre pessoas com poder de influência que podem ajudar com a causa. Com outros líderes ao seu lado, você poderá mudar a cultura com mais fluidez e eficiência.

Veja ainda dicas sobre como as lideranças informais na empresa ajudam na comunicação e na transformação digital.