Institucional Candidatos Empresas

Além de algoritmos e campanhas de marketing, interação humana é essencial para o R&

Desde a chegada da inteligência artificial, à área de R&S ganhou uma aliada para selecionar o capital humano. A Inteligência Artificial (IA) auxilia os recrutadores em suas tarefas mais burocráticas, tais como o recebimento e a análise dos currículos. A ferramenta também facilita o agendamento de entrevistas e o envio de comunicados sobre as etapas do processo seletivo.

A importância da tecnologia no recrutamento e seleção de talentos, hoje, é inquestionável. No entanto, assim como as soft skills são cada vez mais valorizadas pelas empresas, a sensibilidade e a interação humana são extremamente bem-vindas para tornar a experiência do candidato positiva.

Atração de talentos tecnológica

Neste contexto, a economia de tempo e de recursos promovida com a inteligência artificial nos processos de recrutamento online pode ser redirecionada para o desenvolvimento de atividades e ferramentas mais lúdicas e assertivas para atrair talentos.

O objetivo é fortalecer o lado humano durante o recrutamento, visando encaminhar indivíduos melhores para os times, formar times eficientes para as companhias e moldar pessoas para atingir seu potencial máximo.

Embora as plataformas digitais e os algoritmos promovam grandes melhorias ao longo dos processos de recrutamento, nada substitui o contato face to face com o candidato.

A inteligência artificial não tem a capacidade de tomar decisões sobre a personalidade e as competências de comportamento do profissional, que um especialista em R&S poderá identificar com clareza em um encontro presencial. Por isso, o capital humano continuará a ser vital para o sucesso na contratação dos melhores talentos e no sucesso dos negócios.

Importância das conexões

Todas as empresas desejam profissionais que demonstrem valores humanitários e empatia, mas é difícil atrai-los utilizando processos de recrutamento puramente robóticos. Então, como incorporar o capital humano ao processo de recrutamento? Confira dicas, que não envolvem algoritmos complexos ou campanhas de marketing caríssimas, para vencer o problema:

Divulgue histórias de sucesso dos seus colaboradores

Use o portal de carreiras, seu sistema de rastreamento de talentos e suas mídias sociais para compartilhar depoimentos de colaboradores. Inclua frases de destaque ou vídeos curtos sobre como é trabalhar na sua organização.

Planeje suas entrevistas

Quando for agendar suas entrevistas, pense no melhor local para realizá-las. O objetivo é ter uma boa conversa sobre a empresa, a vaga de trabalho, e as qualidades do candidato. Pense na logística do local para que ele seja confortável e ajude a proporcionar um bom debate.

Adote uma aproximação sem surpresas

Em determinado ponto do processo, é preciso ter uma conversa clara sobre salário, benefícios e vantagens oferecidos para a vaga. Ninguém pode ser surpreendido. O RH deve avisar qual etapa do processo essas questões serão abordadas para garantir transparência e segurança a ambos os lados

Capriche na recepção

Assim que o candidato aceitar sua oferta, procure modos gentis de recebê-lo na organização. Um vídeo de boas-vindas do CEO, recados dos companheiros de trabalho e a apresentação de um parceiro de bancada podem tornar o primeiro dia de trabalho uma experiência bem mais agradável.

Peça um feedback aos recém-contratados

Após a chegada dos profissionais, busque o feedback deles. Pergunte como estão se sentindo no novo local de trabalho e busque respostas para questões como: “estamos entregando o que prometemos durante a contratação?”.

Gostou do artigo? Então também leia sobre tecnologias para recrutamento.