Saiba como melhorar seus indicadores de R&S com entrevistas à distância

Quer começar o ano traçando rotas para melhorar seus indicadores de talent acquisition? Que tal contratar com videoentrevista ? É uma das melhores ferramentas para ajudar a otimizar processos de contratação, reduzindo a carga operacional e o valor do custo de admissão. Veja como neste artigo.

Do tradicional para o moderno

Embora entrevistas por telefone tenham sido tradicionalmente o primeiro passo no processo de contratação, o cenário está mudando rapidamente. Hoje, as empresas optam por algo mais tecnológico e com uma visão mais holística do candidato: a videoentrevista.

A tendência faz sentido do lado do recrutamento, especialmente para cargos que exigem boa comunicação e fluência digital. Uma solicitação para entrevista em vídeo, na qual o candidato se registra respondendo a um conjunto de perguntas, economiza tempo e custos para a equipe de RH, que não precisa agendar compromissos individuais com um grande volume de profissionais.

Do lado do candidato, uma videoentrevista permite flexibilidade sobre quando e onde conduzir o compromisso. É um processo de ganha-ganha, mas o R&S precisa estar preparada para essa modalidade e seguir um passo a passo.

Vantagens da videoentrevista

De acordo com um levantamento da agência de marketing Aberdeen, as empresas que aplicam entrevistas em vídeo diminuíram seu tempo de contratação em 60% e tiveram 2,7 vezes mais chances de baixar seu custo por admissão.

Isso sem citar outro benefício da videoentrevista: o encurtamento da distância entre candidato e companhia. Como a modalidade de contratação freelancer vem crescendo, nada mais coerente e natural do que selecionar essa pessoa à distância. Não faria sentido algum pedir ao candidato para se deslocar até a sua unidade de negócios se o trabalho dele será efetuado de qualquer lugar do mundo com conexão de internet.

Além dos benefícios já mencionados, vamos mostrar nesse artigo outras cinco formas de simplificar a contratação com essa ferramenta.

1. Poder de atração de candidatos passivos

Com a ajuda da videoentrevista, é possível atrair candidatos passivos para uma conversa, o que eles teriam evitado devido à agenda lotada ou até mesmo por uma questão de deslocamento. Eles não veriam problema em gastar de 15 a 20 minutos para gravar as respostas para a entrevista em vídeo. Como resultado, você atrairia os melhores talentos com menos esforço.

2. Alívio da carga de agendamento

Se você está programando entrevistas individuais de 15 candidatos para uma vaga de analista na área de produção, agendar essas conversas corretamente pode ser um grande desafio. Em dado momento será o candidato que terá obstáculos, em outro será você ou o gerente da vaga que assumirá um compromisso a mais na agenda e assim por diante. Parece tão desafiador quanto montar um quebra-cabeça com mais de mil peças.

Trata-se de um problema complexo, mas que pode ser resolvido ao contratar com videoentrevista, já que permite que os candidatos respondam perguntas sempre que lhes for conveniente. Em seguida, o gerente de contratação e suas equipes podem avaliar as respostas conforme seu próprio cronograma.

3. Criação de uma boa experiência do candidato

Muitos candidatos abandonam o processo seletivo no meio do caminho. E o motivo manifestado por grande parte deles é a experiência ruim durante o processo. De acordo com pesquisa realizada por uma empresa de outplacement, quase 60% dos candidatos têm experiência ruim em entrevistas, sendo que 72% deles compartilham essas vivências na internet.

Muitos profissionais se queixam de responder questionários longos ou se incomodam de serem questionados por habilidades que já constavam no currículo previamente analisado. Em uma videoentrevista, esses pontos de tensão podem ser pormenorizados, afinal ele terá alguns minutos no conforto de sua casa para responder perguntas que previamente já conhecia.

4. Alcance global a baixos custos

A entrevista em vídeo possibilita ainda a realização de conversas com candidatos em qualquer parte do mundo.

Digamos que alguns dos seus candidatos ideais estejam atualmente trabalhando em diferentes partes do globo, um na Espanha, outro no Canadá e o último na Austrália. Você já parou para pensar nos custos envolvendo passagens de ida e volta desses executivos até o local de trabalho em São Paulo, apenas para uma primeira rodada de entrevistas? Isso sem falar da economia de tempo para ambos os lados.

Portanto, a contratar com videoentrevista economiza custos e tempo para a organização e para os candidatos.

5. Acessar habilidades de comunicação e tecnologia dos candidatos

Ao contratar com videoentrevista, é possível que os recrutadores avaliem a intimidade que o candidato tem com questões tecnológicas envolvidas no processo da produção do vídeo.

Como em todas as organizações a maior parte do trabalho é realizada online, esse tipo de avaliação será útil no dia a dia das organizações.

Confira ainda as tendências de R&S para este ano.