Automatizar processos de Recrutamento e Seleção não é mais tendência, é realidade

Se pudéssemos eleger uma lista tríplice das novidades que devem impactar todas as frentes dentro de uma organização, sem dúvidas a automação de processos e atividades estaria entre elas – e, no caso do RH, a automação no recrutamento –, e não é pra menos. Finalmente os seres humanos estão deixando para as máquinas aquilo que é… “trabalho de máquina”.

Toda atividade ou processo sequencial e repetitivo, em geral, pode ser executado com mais qualidade e agilidade por um computador (se configurado da maneira correta, é claro). A atividade de Recrutamento e Seleção está repleta de tarefas com essas características, concorda?

Todos nós precisamos, com frequência, mover candidatos de uma fase para outra, enviar testes, triar os currículos, excluir aqueles que não foram bem, enviar algum tipo de retorno e por aí vai. E quando isso acaba, começa tudo outra vez.

Afinal, qual é o primeiro passo?

Sabemos que, cada vez mais, empresas buscam formatar seus processos seletivos do próprio jeito, sem seguir um padrão ou receita. Portanto, considerando esse contexto, nossa primeira recomendação de automação no recrutamento seria mapear. 

Isso mesmo, identificar em seu processo todas as tarefas que possuem aquelas duas características chave: sequencial e repetitiva. Em seguida, com clareza de tudo que pode ser automatizado, chega o momento de se perguntar: “Mas o que faz sentido?”

Muitas vezes, uma atividade pode ser extremamente repetitiva, mas ainda assim é importante que seja realizada por um humano, por causa de suas características ou até mesmo riscos. 

Já sei o que automatizar, e agora?

Se você já identificou as oportunidades de automação no recrutamento, acredite, você está dentro de uma parcela muito pequena de profissionais com essa clareza.

Agora, você tem dois caminhos, desenvolver esses processos automáticos por conta própria ou ir em busca de soluções de mercado que já contem com essa possibilidade. Obviamente, ambas possuem vantagens e desvantagens. Vamos a elas? 

Desenvolvendo em casa

Existe um termo no mercado, chamado RPA (Robotic Process Automation), que trata exatamente da execução de tarefas repetitivas em softwares por meio de robôs, ou seja, de algoritmos programados para realizar os passos que você definir.

Nessa linha de RPA, ou qualquer outro processo de automação no recrutamento desenvolvido sob medida, você provavelmente precisará de um profissional dedicado ou de uma consultoria nessa área. Aqui, cabe o destaque para um ponto positivo e outro negativo.

Positivo: 

  • Liberdade: sua equipe irá escolher o que precisa automatizar, praticamente sem restrições.

Negativo:

  • Custo: como esse modelo exige a contratação de um profissional especializado ou de uma consultoria, costuma exigir um investimento bem alto se comparado com a segunda opção.

Utilizando soluções de mercado

A segunda possibilidade de automação no recrutamento é oposta em todos os sentidos. Nela, você não precisa contratar profissionais ou prestadores de serviços, apenas buscar um sistema (um software) que já traga a possibilidade de criar automações pelo próprio time de RH.

Hoje, em qualquer área de atuação, é bem comum que os softwares já tragam a possibilidade de configurar ações e atividades automáticas, fazendo o recrutamento online trabalhar por você. Nesse caso cabem os destaques:

Positivo: 

  • Custo: você não precisará investir muito. Em Recrutamento e Seleção, por exemplo, o próprio site ou sistema que você utiliza hoje deve oferecer essa possibilidade sem custo adicional. 

Negativo: 

  • Restrições: você só contará com as possibilidades de automação que são oferecidas como “padrão” por esses sistemas, mas que, em geral, costumam ser suficientes.

O melhor caminho dependerá muito do que sua empresa ou time de RH está buscando. De qualquer forma, em ambos os casos, a economia de tempo e energia podem alcançar níveis  incríveis.

Como podemos ajudar com automação no recrutamento

Nossa plataforma ganhou uma novidade incrível: a ferramenta de ações automáticas. Agora, dentro do VAGAS for business, além de conduzir e otimizar todas as etapas dos seus processos seletivos, você ainda pode configurar ações e atividades que acontecem automaticamente.

É possível, por exemplo, automatizar o processo de envio de testes para profissionais qualificados, a exclusão de profissionais não aderentes, as marcações em candidatos, o envio de mensagens e muito mais.

Quer saber mais sobre automação no recrutamento no VAGAS for business? Fale com a nossa equipe e solicite uma demonstração.