Veja o que não fazer se você quer atrair os melhores talentos

O empresário tem um pequeno comércio de bairro há anos, mas parte de sua clientela está buscando seus concorrentes. Como o retorno está sendo baixo, ele decide não investir em inovação no seu negócio. O fim dessa história nem precisa ser narrada. Todos imaginam que ele está fadado ao fracasso. O mesmo acontece nas organizações que não visam investir na experiência do candidato.

O que parece ser um custo em um primeiro momento se torna uma ferramenta poderosa para a renovação do quadro de sua empresa. Sem ela, o R&S está condenado a baixas taxas de sucesso.

Investir na experiência do candidato em números

E esta afirmação está baseada em números. Um estudo de uma empresa de recrutamento e seleção indica que a grande maioria dos candidatos (73%) observa que o processo de busca de emprego é uma das coisas mais estressantes de suas vidas.

Na visão dos profissionais, a experiência é ruim, pois há inúmeros processos pouco intuitivos, o tempo de resposta das empresas é lento, é necessário responder sempre as mesmas perguntas, as empresas exigem experiências diversas quase impossíveis de serem cumpridas e por aí vai. A lista é longa!

Quando as empresas não investem na identificação dos pontos nevrálgicos nesse processo de contratar os melhores profissionais, muitos deles (60%) desistem das vagas no meio do caminho.

Descompasso entre profissionais e organizações

E nesse processo há um desalinhamento entre empresas e profissionais. Boa parte das organizações (78%) sente que faz um bom trabalho de comunicação e interação com os candidatos. Enquanto apenas 47% dos profissionais dizem que as companhias trabalham bem os dois temas.

Para 72% dos gerentes de contratação, eles fornecem descrições claras das funções nos job descriptions, sendo que apenas 36% dos candidatos dizem o mesmo.

ROI positivo

A discussão, portanto, não deve ser sobre “gastar dinheiro” com a experiência do candidato, mas sobre “quanto será economizado” identificando a melhor forma de se comunicar com os profissionais.

No fim das contas, isso trará um ROI positivo à organização com a retenção de colaboradores, sem que você tenha de voltar a investir em contratações para os mesmos cargos em menos de seis meses. Segundo o levantamento, as empresas que apostam em uma experiência de candidato forte melhoram em 70% a qualidade das admissões.

Identificando pontos de melhorias

Para tanto, identifique as questões problemáticas em seu processo perguntando: “A descrição do trabalho é clara e precisa?”; “Você investe em marketing de recrutamento?” “Quanto tempo demora o processo de inscrição?”; “Todos os candidatos receberam comunicados explícitos sobre os próximos passos do processo?”; “Você deu retorno ou feedback para todos os profissionais?”.

Seguindo esses passos, você terá automaticamente um aumento do número de inscrições por vaga, ampliando as chances de atrair os melhores talentos, e o índice de abandono do profissional, no meio do processo, também será menor.

Além disso, a longo prazo, você poderá voltar a atrair aquele talento que você não selecionou em um primeiro momento. O profissional tem quatro vezes mais chances de considerar sua empresa para uma oportunidade futura quando você oferece feedback construtivo.

Portanto, comece agora a investir em uma experiência aprazível para os profissionais do mercado. Veja como no infográfico que preparamos para você.

Infográfico descreve três maneiras de atrair os melhores talentos investindo na experiência do candidato
Arquivo VAGAS