Institucional Candidatos Empresas

Invista em aspectos humanos, estratégicos e culturais da organização para realizar uma entrevista de emprego estruturada e de sucesso

Para realizar uma entrevista de emprego estruturada, é preciso ir além do roteiro previsível — sala de reunião, currículo irretocável e perguntas-padrão: “Onde você quer estar daqui a cinco anos?”; “Quais eram suas principais tarefas no último emprego?”; “O que você considera seu maior fracasso?”; “Quais são os seus pontos fortes e fracos?”.

Adicione uma pitada de sensibilidade a essa receita. Robôs podem até fazer uma primeira seleção de currículos, de acordo com o perfil pré-definido pelo recrutador, mas o sucesso final do preenchimento da vaga dependerá mais de processos humanizados do que da automação. Dito isso, estabeleça, desde o princípio, um diálogo aberto com o profissional, deixando-o sempre informado sobre os passos do processo.

O período da entrevista é curto para saber tudo o que é preciso sobre o candidato. Portanto, o ideal é ser estratégico durante a seleção. A entrevista de emprego estruturada deve estar alinhada à visão da empresa e ao fit cultural da organização, além de, claro, observar as habilidades e competências requeridas pela vaga. E, tudo isso, observando sob o aspecto humano do processo. Ou seja, não é uma tarefa fácil. Por isso, selecionamos cinco dicas que podem auxiliar na hora H:

Seja desafiador

Olhe além do currículo. Não faça uma reiteração do que você já leu sobre o candidato. O que você precisa descobrir é o que faz com que o profissional seja bem-sucedido e se ele é ideal para o seu negócio.

Para tanto, coloque o candidato em situações em que seja mais provável que ele mostre seu perfil. Isso pode ser durante a entrevista ou até mesmo em dinâmicas com outros funcionários da empresa. Lembre-se também: nada de improviso. Pense no que deseja realizar durante a entrevista. Quais tipos de informação seriam úteis para avaliar a capacidade do candidato cumprir o trabalho?

Invista na criatividade

Todo candidato se prepara para as perguntas clichês da entrevista. Encontre novas maneiras de entender verdadeiramente como ele pensa e como pode se encaixar na função ou no tipo de negócio conduzido pela organização.

Reza a lenda que Thomas Edison, por exemplo, tinha uma maneira incomum de contratar seus engenheiros. Ele levantava uma lâmpada e perguntava ao candidato quantos mililitros de água cabiam nela. Alguns candidatos usavam medidores e faziam cálculos científicos para determinar a resposta. Outros simplesmente enchiam a lâmpada com água e depois despejavam o conteúdo em um copo de medição. Quais candidatos conseguiam o emprego? Os que usavam a abordagem simples – enchendo o recipiente. Desenvolva um “Teste Edison” para o seu negócio.

Avalie o caráter

Uma das chaves para encontrar o funcionário certo é identificar quem se encaixa bem na cultura da empresa. Mesmo o indivíduo mais talentoso do mundo pode causar problemas sérios ao negócio se não tiver caráter ou não for aceito pelos demais membros da equipe. Como enfatizado sempre por especialistas da área: opte por candidatos que se adequem às soft skills da vaga, afinal, habilidades podem ser ensinadas, mas mudar a personalidade e o caráter de alguém é uma tarefa muito mais árdua, senão impossível.

Conheça os limites da entrevista

Em tempos de polarizações, acentuadas pelas redes sociais, familiarize-se com o que é considerado inadequado ou ilegal de ser perguntado em entrevistas. Questões relacionadas ao estado civil, idade, afiliação religiosa ou política, por exemplo, estão fora dos limites. Um potencial empregador não pode discutir esses assuntos, mesmo que indiretamente. É bom lembrar que qualquer deslize pode levar o candidato a publicar a pergunta “capciosa” em suas redes sociais.

Invista em referências

Nunca confie apenas nos seus instintos ao julgar os candidatos em potencial. Peça sempre referências de chefes e colegas de trabalho anteriores. Entre em contato e pergunte sobre a atuação dele como profissional e sua interação com a equipe e os clientes. Outra dica é analisar a presença do candidato nas redes sociais. Você ficará surpreso com o que pode descobrir sobre o profissional, pesquisando sua atividade on-line. Esse é o segredo do sucesso para aquisição de talentos.

 

Deixe seu comentário

Sign in to post your comment or sign-up if you don't have any account.