Fique atento aos preparativos para entrevistar candidatos a distância

Mãos suadas, nervosismo na fala e esquecimento de fatos. Essas são algumas situações que acontecem com os profissionais na hora da entrevista de emprego, seja pessoalmente ou em um processo em que é preciso entrevistar candidatos a distância, por videoconferência ou telefone.

Certa vez, um influenciador na área de gestão de pessoas comentou em seu perfil no LinkedIn que teve de acalmar um profissional durante a entrevista de emprego. Ele suava, tremia e estava com a fala desconexa. O currículo do candidato era impecável, incluindo curso de extensão no exterior, mas a entrevista não condizia com o que estava escrito no documento. O profissional exalava insegurança e desespero.

Em um bate-papo franco, esse influenciador descobriu que, no dia anterior, o candidato havia perdido a avó. O profissional que estava sendo sabatinado tinha sua atenção desviada por sua perda recente. Não fossem a empatia e a experiência do recrutador, aquele jovem que, no fim, conseguiu a vaga, teria sido excluído do processo.

Processo seletivo à distância

Casos como esse acontecem com mais frequência do que imaginamos. Se pessoalmente já é difícil detectar a fonte do nervosismo, imagina em um processo de recrutamento online.

Do ponto de vista do candidato, as entrevistas podem ser uma experiência assustadora e indutora de ansiedade. Mesmo no conforto de sua casa, quando está sendo interrogado, há uma pitada de insegurança a cada pergunta realizada. Assegurar que esse processo seja o menos doloroso possível faz parte do trabalho da área de Talent Acquisition.

É do interesse da organização criar um ambiente agradável e acolhedor para que os profissionais se sintam à vontade para expressar quem são e do que são capazes. Fornecer experiências positivas para entrevistas a distância também mantém os melhores talentos interessados. Pense: somente candidatos desesperados desejam prosseguir após uma experiência ruim na entrevista.

Para evitar esses problemas e conseguir atrair os melhores colaboradores, fique atento às dicas que separamos.

Use a tecnologia adequada

O primeiro passo é observar qual é a ferramenta mais adequada para seu tipo de negócio. Se você trabalha em uma empresa cujo volume de entrevistas é pequeno, soluções como Google Hangouts e Skype podem ser uma boa alternativa. Mas imagina trabalhar com esse tipo de tecnologia para conversar com mais de cem candidatos? Inviável, certo?

Neste caso, o ideal é encontrar softwares de vídeoentrevista. Com eles, o recrutador pode contatar diversos candidatos sem se deslocar. Utilizando qualquer device, o candidato grava sua entrevista, com perguntas, tempo e palavras-chave previamente delineadas pelo recrutador e tem sua pontuação ranqueada com ajuda de inteligência artificial.

Faça um tutorial

Forneça uma espécie de tutorial de como o candidato deve realizar a entrevista online. Nos casos de vídeoentrevista de topo de funil, nas quais o próprio profissional se grava, informe se ele pode parar a entrevista e depois recomeçá-la e como deve se portar em frente da webcam.

Acalme o candidato de antemão, dizendo no tutorial, por exemplo, que no caso de entrevistas gravadas, a inteligência artificial irá desconsiderar vieses na fala e erros provocados por nervosismo, por exemplo.

Se prepare para entrevistar candidatos a distância

Lembre o candidato de que as entrevistas online são tão importantes quanto as presenciais. Avise-o para testar o equipamento e suas configurações antes de começar o contato, gravado ou online, com o recrutador.

Peça para que ele responda às perguntas selecionadas de modo devagar e claro. Indique, se possível, o melhor ambiente para a execução da entrevista. O ideal é que seja o mais clean possível, com uma parede simples ao fundo ou em um escritório.

Concentre-se

Durante a entrevista, tanto o candidato como o entrevistador devem ter a atenção focada exclusivamente na conversa. Os telefones devem estar desligados ou no modo avião, pois qualquer barulho pode atrapalhar a interação.

Faça contato visual e lembre-se de que isso significa olhar para a câmera. É importante mostrar respeito e prestar toda a atenção para entender o que lhe é pedido com a capacidade de responder com precisão.

Comunique-se

Fique acessível após a entrevista. Candidatos ansiosos entrarão em contato provavelmente antes de você tomar uma decisão. Responda educadamente e forneça um prazo para retorno.

Honre o compromisso e informe ao candidato quando uma decisão for tomada, para que ele possa se posicionar e seguir em frente. A comunicação com é fundamental para um bom processo que inclui entrevistar candidatos a distância.

Gostou do texto? Então veja como contratar usando uma boa estratégia de R&S.