Institucional Candidatos Empresas

Avalie se você utiliza as estratégias e os recursos corretos para atrair talentos

Quando o assunto é olhar para a estratégia de recrutamento e seleção adotada pela empresa, todo profissional de talent acquisition precisa acompanhar uma série de indicadores de processo seletivo: quanto tempo o candidato está em processo para essa função específica, tempo de preenchimento da vaga (SLA), custo por contratação, etc.

Essas estatísticas estão ajudando os recrutadores a identificar pontos fracos em sua estratégia de recrutamento e seleção. Também são capazes de entender rapidamente quais recursos estão funcionando melhor e se estão investindo seu orçamento de maneira eficiente.

Mas será que são apenas esses indicadores que os recrutadores precisam acompanhar? Evidentemente, é sempre importante monitorar esses dados, mas isso não deve ser mais importante do que a razão por trás da candidatura das pessoas.

ONDE

Quando as pessoas procuram um emprego, elas podem pesquisar de várias maneiras até encontrar uma vaga. Podem buscar em um site de carreiras, como o VAGAS.com.br, por exemplo, nas redes sociais, receber por e-mail uma recomendação de vaga de acordo com o seu perfil mapeado pelo uso da inteligência artificial, a propósito do que acontece hoje para clientes que utilizam a nossa plataforma de R&S, fazer uma busca direto no seu Portal de Carreira ou até mesmo pela repercussão das atividades da organização, seja compartilhada por amigos que atuam na empresa ou outros advogados da marca que compartilham informações em suas mídias sociais.

O que queremos chamar a atenção aqui é que a tecnologia e o uso da plataforma adequada de R&S são grandes parceiros para você encontrar a pessoa certa. No entanto, é muito mais importante que o candidato esteja interessado em sua oferta de emprego e tenha interesse em se candidatar a sua vaga. Ver o anúncio de emprego não é apenas a motivação para as pessoas se inscreverem. É por isso que é importante começar a identificar “por que” esses talentos se inscreveram para a vaga que você publicou, pensando sempre na experiência do candidato.

Porque

Eles são atraídos pela marca da empresa? Eles gostariam de trabalhar com pessoas talentosas que compõem o seu time ou com alguma pessoa específica que faz a diferença na sociedade?

Quais são as tecnologias que você oferece para seus colaboradores desempenharem um trabalho de qualidade e com foco em resultados? Eles desejam trabalhar apenas pelo dinheiro que você está pagando ou são oferecidas oportunidades além de benefícios financeiros? O trabalho e o domínio da atividade da sua empresa são adequados para a carreira dos seus sonhos?

Se você perguntar às pessoas por que elas se candidataram ao emprego, você poderá ouvir muitas respostas interessantes e até mesmo curiosas. Alguns podem apenas dizer que querem mudar de emprego e se aplicaram na oportunidade que estava aberta, e que na verdade nem esperavam ser convidados para participar do processo seletivo. Enquanto outras fariam tudo que fosse possível para serem contratadas, pois se identificam com os valores da companhia, reconhecem alguém da empresa como um líder inspirador e sabe que ali é o lugar que poderá contribuir para a sua realização profissional.

Descobrir o que fez essas pessoas se candidatarem a uma vaga em aberto pode lhe ajudar de várias formas, dentre elas:

  • Na criação de anúncios melhores que fortalecerão as razões pelas quais os
  • talentos são atraídos para sua empresa
  • Na avaliação de que a pessoa deseja ter apenas algum emprego ou se escolheu a sua marca por algum motivo específico
  • Na elaboração de novos planejamentos para recrutamento e seleção para atrair a pessoa ideal para o seu negócio

Ainda assim, certifique-se de também considerar os chamados candidatos “passivos”, aqueles que estão satisfeitos no atual trabalho, mas sempre que identificam uma oportunidade de trabalhar na empresa dos seus sonhos, se candidatam para uma vaga na expectativa de conseguir uma chance de fazer uma entrevista. Já parou para analisar quantas vezes a mesma pessoa se candidatou em suas vagas, possui o perfil descrito, mas por alguma razão nunca foi considerada para uma conversa?

Esses candidatos não devem ser ignorados porque podem ser exatamente o talento que você precisa para sua empresa. Seu maior desafio, como profissional de recrutamento e seleção é estimular mais o interesse deles em sua empresa e convencê-los de que será uma decisão sábia tentar entrar para a sua empresa. Também é uma forma de formar o seu pipeline de talentos e ter a pessoa certa para chamar em uma eventualidade.

Mas, novamente, voltamos à importância de descobrir por que esses profissionais decidiram se candidatar. Por que querem trabalhar na sua empresa? Por que consideram este trabalho adequado para seus planos de carreira? Essas são duas das perguntas que você deve fazer ao entrevistar um profissional para entender de fato se acontece a sinergia entre os valores do profissional com os da empresa, o chamado fit cultural.

Embora saibamos que dinheiro é importante para que as pessoas possam ter uma vida satisfatória, é fundamental entender que as pessoas são motivadas não apenas por aspectos financeiros, mas por benefícios que envolvam equilíbrio entre sua vida profissional e pessoal, possibilidades de fazer coisas incríveis das quais sempre terão orgulho e que são importantes para aumentar o desempenho da empresa.

Conclusão

Além da remuneração, o candidato também deve ser motivado por seu progresso de carreira, pelas oportunidades de desenvolvimento, para que possa dar o melhor a cada dia no trabalho. É assim que uma empresa pode alcançar bons resultados financeiros, alcançar suas metas de desempenho, ter sucesso nos indicadores de recrutamento e seleção, e o mais importante, crescer cada vez mais.

É claro que a cultura de uma empresa pode influenciar bastante esse aspecto, mas a razão pela qual uma pessoa decidiu se candidatar e tentar suas chances de conseguir um emprego específico também pode fornecer muitos detalhes sobre seus futuros desempenhos e jornada em sua empresa.