A má notícia pode vir de um telefonema ou uma medição de temperatura antes de entrar em um estabelecimento, de qualquer forma, gestores e profissionais de Recursos Humanos devem tomar uma série de medidas ao descobrirem que há um funcionário com COVID-19. A ação deve ser rápida para garantir a segurança dos colegas de trabalho e o funcionamento do negócio.

Com base nas orientações do Ministério da Saúde do Brasil e do Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos EUA, aqui estão as etapas a serem executadas após o diagnóstico de Covid-19 de um funcionário.

Dicas para lidar com funcionários com Covid

De acordo com o Ministério da Saúde, gestores e RH devem ser informados imediatamente sobre colaboradores que estiverem com suspeita ou confirmação de contaminação por coronavírus ou tiveram contato físico com alguém com Covid-19.

Se este for seu caso, é hora de tomar medidas para evitar a propagação do vírus:

1. Avalie o home office

Com base no tamanho do local de trabalho e na amplitude potencial da exposição ao coronavírus, o empregador deve considerar o fechamento imediato, orientando os funcionários a trabalhar remotamente, se possível.

Por exemplo se boa parte dos colaboradores fo contaminado ou teve contato com uma pessoa infectada, o ideal é mantê-los trabalhado em casa. O mesmo vale para empresas cuja maioria do capital humano é composta de pessoas do grupo de risco (idosos, hipertensos, asmáticos, diabéticos e fumantes).

2. Notifique os funcionários

Os colaboradores devem ser notificados sobre casos suspeitos de coronavírus no ambiente de trabalho. Essa transparência é importante para que as demais pessoas avaliem seu risco, fiquem atentas ao aparecimento de sintomas e se isolem de amigos e familiares.

Vale lembrar que a identidade da pessoa doente não deve ser revelada. Não se preocupe se os funcionários descobrirem por conta própria, mas certifique-se de que não é você que a revelará.

3. Avalie o risco de exposição

Se houve contato próximo por um período prolongado (menos de um metro e/ou mais de 15 minutos em um dia), os funcionários expostos devem entrar em quarentena.

Se você não se sentir seguro sobre o risco, converse com uma autoridade de saúde local ou estadual para entender quais medidas de isolamento devem ser tomadas.

4. Desinfete as áreas usadas pelo funcionário com Covid-19

É essencial adotar práticas de desinfecção, em especial dos locais e equipamentos que o funcionário com Covid teve contato. As principais medidas são:

  • Fechar as áreas utilizadas pela pessoa doente por pelo menos 24 horas;
  • Abrir portas e janelas para aumentar a circulação de ar;
  • Limpar e desinfetar áreas e itens usados ​​pela pessoa doente (seu posto de trabalho, banheiros, áreas comuns, computadores, teclados, maçanetas, etc).

 

Como limpar?

Superfícies rígidas e objetos tocados com frequência devem ser higienizados com água sanitária (misture 9 partes de água e uma parte de água sanitária) ou álcool gel 70%.

5. Determine quando o funcionário com coronavírus retornará ao trabalho

O funcionários com Covid-19 deve conversar com seu médico sobre o tempo de afastamento. Geralmente, a orientação é retornar após 10 dias do início dos sintomas ou, se o colaborador for assintomático, do resultado do teste positivo.

Aproveite e leia nosso artigo sobre como proteger sua empresa do coronavírus.