Entenda o papel do endomarketing como frente estratégica para o negócio

Para manter o bom e transparente relacionamento entre colaboradores e empresa, é essencial contar com uma equipe de endomarketing que seja bem estruturada e que tenha boas práticas. Assim, a comunicação fica mais clara para todos, os valores e a cultura da organização podem ser trabalhados e repercutidos e o employer branding é fortalecido.

Quer saber mais sobre endomarketing, como funciona e como implementá-lo? Continue lendo.

O que é endomarketing no RH

Endomarketing são ações de marketing pensadas para engajar os funcionários, ou seja, é um marketing que se volta para a própria empresa e que tem como público-alvo os colaboradores.

Na rotina de grande parte das empresas, o cliente externo é o foco. Quando se trata de nutrição de relacionamento, inúmeras ações que visam à manutenção e que buscam entender o comportamento do cliente são aplicadas, uma vez que ele é quem, diretamente e de maneira mais óbvia, traz dinheiro para o negócio.

No entanto, é preciso considerar o cliente interno da empresa, ou seja, justamente aquele que executa todo o trabalho para atender o cliente externo.

Conhecer os perfis dos colaboradores para desenvolver ações internas estratégicas é um dos principais desafios dos times de endomarketing – somente com tal entendimento é possível atuar de modo efetivo e realmente conquistar os times da companhia.

Quando a empresa cuida e se importa com seus colaboradores, não está apenas trabalhando o employer branding e se aproximando das pessoas que ali prestam serviço, mas, de maneira indireta, também está cuidando do relacionamento que todos os funcionários têm com os clientes de fora.

Importância

Por promover ações para os funcionários, a equipe de endomarketing transita por todas as áreas da empresa e tem visão macro do negócio. Esse fator muito relevante e estratégico permite tanto que se colha informações dos perfis dos colaboradores quanto que se antecipe problemas e ruídos na comunicação.

A interação com praticamente todos da empresa dá ao endomarketing ferramentas para pensar a criação, nutrição e manutenção do relacionamento entre organização e funcionários, criando laços além da obrigatoriedade de estar presente no local de trabalho.

Internalizando e realmente acreditando nos valores, as pessoas passam a trabalhar pelo propósito da empresa. Isto é, ao saber que os objetivos profissionais dela são relevantes e estão de acordo com o que a instituição acredita, funcionários passam a entender a relevância de seu papel.

Por isso, é muito importante que o endomarketing atue estrategicamente e tenha planos recorrentes de ação para conquistar os colaboradores e mostrar que a empresa é aliada em sua jornada diária.

Benefícios do endomarketing

O bom relacionamento entre empresa e funcionário proporciona diversos benefícios. Listamos alguns:

Mais satisfação e engajamento

Quando o colaborador sabe que tem respaldo da empresa para dar o seu melhor e continuar evoluindo, a primeira consequência é a satisfação por se realizar profissionalmente.

Feliz no trabalho e com as tarefas que executa, ele se engajará mais – não somente em suas metas de trabalho, mas passará a pensar no bem-estar da organização como um todo.

Comprometimento com os valores culturais

Ao saber que seu papel é relevante e que sua participação faz diferença nos resultados, é natural que o colaborador se comprometa mais com a identidade organizacional.

Aumento da produtividade

O endomarketing deixa as pessoas mais satisfeitas, engajadas e comprometidas, o que melhora diretamente a produtividade de cada um.

Se cada membro do time tem a produtividade maximizada, isso também se reflete na equipe e, consequentemente, atinge outros times, trazendo benefícios para diversas frentes do negócio.

Comunicação transparente e sem ruídos

As ações de endomarketing que propõem comunicação entre todos promovem a transparência e uma linha direta que interliga os departamentos.

Ou seja, se todos estão na mesma página sobre o andamento da empresa, a relação de confiança é estabelecida e diminuem-se fofocas e ruídos.

Renovação do clima organizacional

Com o endomarketing, os colaboradores ficam mais à vontade e felizes no ambiente de trabalho, o que torna o clima mais leve e descontraído.

Além disso, por todos terem acesso às mesmas informações, mal-entendidos devido a informações atravessadas são evitados.

Redução de turnover

A satisfação de trabalhar em uma empresa que se importa genuinamente com o funcionário, promove ações específicas para seu bem-estar e proporciona um ambiente saudável faz com que o colaborador não queira partir para novas oportunidades – ainda mais se houver um bom plano de carreira.

Por fim, a redução do turnover beneficia a empresa por demandar menos horas e menos custos com demissões e contratações, além de mitigar desfalques em equipes.

Como implementar o endomarketing na empresa

Antes de começar a utilizar as ferramentas de endomarketing, é necessário traçar um plano de implementação para que haja aderência por parte dos colaboradores e efetividade nas ações.

Para conhecer as dores de seus clientes internos e quais seus anseios, promova uma pesquisa de satisfação. Escolha perguntas que direcionarão suas ações, como satisfação com o trabalho, clima organizacional e relacionamento com os colegas.

É interessante que o questionário seja anônimo e que tenha espaço para o funcionário escrever abertamente suas opiniões.

Ao colher as respostas, é essencial que elas sejam condutoras dos planos de ação. As iniciativas terão sucesso somente com embasamento e com conhecimento de quais necessidades dos funcionários precisam ser atendidas e quais características da empresa precisam ser trabalhadas.

Portanto, é imprescindível que haja escuta para a boa aplicação das ferramentas de endomarketing.

Ferramentas de endomarketing para o RH

Sabendo como iniciar o endomarketing, chegou o momento de conhecer os meios pelos quais ele pode ser aplicado. Conheça abaixo as principais ferramentas:

Canal de comunicação interna

Para ter certeza que as informações cheguem para todos os funcionários e, então, que todos estejam na mesma página, é imprescindível que se tenha um canal de comunicação interna.

Hoje, há diversas possibilidades, como a criação de intranet própria, e-mail e até os canais que estão disponíveis de forma gratuita, como Skype e Hangouts, em que você pode criar um grupo de conversa com todos da empresa. Pesquise e decida qual atenderá melhor às necessidades.

Use o canal para dar informes sobre ações que estão em curso ou que acontecerão em breve, ajustes de benefícios, lembretes de aniversário e assuntos que são de interesse de toda a empresa.

Palestras para desenvolvimento profissional e pessoal

Sabendo quais são as dores e as motivações dos colaboradores depois da realização da pesquisa, ficará muito mais fácil decidir quais temas são relevantes e necessários para trazer à tona.

Promova palestras, por exemplo, que não fiquem apenas no âmbito profissional. Caso a dor do funcionário seja a correria do dia a dia, pense em ações que falem sobre planejamento ou a importância de momentos de relaxamento.

Pensando no desenvolvimento profissional, seu time pode fazer dinâmicas de grupo ou trazer especialistas que discutam como o mercado está se comportando e quais as perspectivas para os próximos meses.

O importante é que esse conhecimento seja voltado aos ouvintes. Somente com a conversão da teoria em prática os conteúdos impactarão a empresa.

Treinamentos para aprimoramento técnico

Quando a empresa investe em seus funcionários, investe em si mesma. Considere parcerias com escolas de idiomas e instituições de ensino que ofereçam cursos que tenham relação com o segmento de atuação.

Oferecer descontos ou facilidades de pagamento faz com que o funcionário se sinta motivado em se aprimorar e desenvolver, uma vez que a organização assume o papel de facilitadora dos estudos.

Momentos de descontração para integração

Nem só de trabalho vive o homem! Momentos de descontração, como café da manhã comemorativo, celebração dos aniversários do mês, lanche da tarde temático ou até mesmo happy hour, promovem integração entre funcionários e deixam o clima organizacional muito mais leve.

No dia a dia, pode ser difícil estar próximo de pessoas que não fazem parte da equipe, seja pelo volume de tarefas, seja pela falta de tempo. Momentos de relaxamento proporcionam o intercâmbio entre pessoas diferentes e que não estão acostumadas a se relacionar no dia a dia.

Dessa nova troca, pode, inclusive, surgir uma nova ideia para alavancar o negócio.

Vídeos institucionais

Com o advento das redes sociais, novos formatos de comunicação também surgiram, como os vídeos institucionais. Se antes eram veiculados somente internamente, hoje podem ser disponibilizados para o mundo inteiro.

Ter um vídeo de apresentação com depoimentos de colaboradores, e até mesmo momentos mais descontraídos, funciona muito bem. Essa mídia serve tanto como lembrete de que a empresa se importa com os funcionários quanto como convite para pessoas enviarem currículos.

Política de benefícios

Pensar na política de benefícios pode ir além dos já conhecidos vale-transporte e vale-refeição. Sabendo das necessidades dos colaboradores, é possível trazer alguns diferenciais.

A possibilidade de home office pode ser bom um benefício para quem mora longe. Pessoas que se deslocam por horas para ir e voltar do trabalho, certamente sentirão lembradas pela empresa ao ter a possibilidade de ficar em casa pelo menos uma vez na semana.

Caso a empresa conte com muitos pais e mães, o auxílio-creche e o auxílio-farmácia podem ser uma boa alternativa também.

Um benefício que pode trazer melhor qualidade de vida a todos é a parceria com academias ou com programas que oferecem atividades físicas. Assim, a vida mais ativa e saudável torna-se uma vivência para as pessoas.

Plano de carreira

Quando se tem estruturado o caminho que o profissional pode percorrer e o ponto que se encontra em sua jornada na empresa, tudo é mais claro para ambas as partes.

Sabendo exatamente onde está, onde quer e onde pode chegar, o funcionário se sente motivado a fazer um bom trabalho.

Exemplos de empresas que fazem um bom endomarketing

Hoje, os frutos que surgem das boas práticas do endomarketing já são muito mais reconhecidos pelas empresas. Elas investem em ações voltadas aos colaboradores e cuidam dos relacionamentos, sempre visando o bem-estar e o desenvolvimento de todos.

VAGAS

A VAGAS é um bom exemplo de organização que investe em endomarketing.

Além do café da manhã e do lanche da tarde, que sempre conta com uma opção de fruta, oferece aos colaboradores ginástica laboral, convênio com plataforma de atividades físicas e até mesmo com restaurantes.

Na empresa, o endomarketing começa antes mesmo de o profissional iniciar seu primeiro dia de trabalho, no onboarding. Uma semana antes do início oficial, o colaborador recebe informações via SMS sobre como funciona a gestão horizontal adotada. Recebe também mensagem de boas-vindas de membros da sua futura equipe e informações de boas práticas.

Na primeira semana de trabalho, o novo funcionário conversa com todas as equipes para se apresentar e conhecer as pessoas. Com essa ação, é difícil que o recém-chegado se sinta deslocado.

Outros bons exemplos de práticas de endomarketing, que culminaram no fortalecimento do employer branding, aconteceram durante a epidemia da Covid-19: as aulas de ginástica laboral e o lanchinho da tarde passaram a acontecer em ambiente virtual.

Neste mesmo período, os colaboradores também passaram a fazer lives semanais com as atualizações estratégicas de equipes para que todos ficassem atualizados sobre as movimentações. Além disso, a empresa também enviou materiais de trabalho, como cadeiras ergométricas.

Mesmo longe fisicamente, houve integração entre os funcionários e momentos de descontração em meio a tanta tensão, ou seja, o bem-estar de todos foi considerado.

Toyota

A empresa multinacional que atua no setor de automóveis também promove ações de endomarketing para fortalecer o relacionamento com seus colaboradores.

Quando um novo funcionário chega em uma empresa, nada pior do que se sentir perdido e não poder ajudar muito nas atividades. O cenário é ainda pior quando não há treinamento apropriado ou pessoas para explicarem o que deve ser feito.

Pensando nessa situação constrangedora para os recém-chegados, a Toyota promove um treinamento de cinco meses para os recém-chegados.

O primeiro mês é dedicado exclusivamente à cultura da empresa. Os outros quatro são divididos entre conhecimento da produção nas fábricas e das necessidades e desejos dos clientes nas concessionárias.

Desse modo, a pessoa se sente muito acolhida e recebe todas as informações necessárias antes de, efetivamente, colocar a mão da massa.

Além de trabalhar a relação entre empresa e funcionário, o endomarketing também consegue antever possíveis erros que o novato poderia cometer. Assim, são minimizados percalços no meio do caminho.

Golden Cross

A seguradora de saúde também percebeu que ações de endomarketing são relevantes e investiu 750 mil reais em campanhas internas. O objetivo era incentivar as vendas nas filiais espalhadas pelo Brasil.

Os prêmios para os melhores corretores eram realmente tentadores: valores entre 40 mil e 70 mil reais para comprarem ou reformarem seu imóvel próprio. Também foram disponibilizados eletrodomésticos e premiações em dinheiro.

Mais que um bônus financeiro, a Golden Cross incentivou seus colaboradores a evoluírem como profissionais e a tirar os planos do papel. Essa ação de endomarketing sempre será lembrada, pois visou também a felicidade e a conquista dos funcionários.

Agora você já sabe da importância do endomarketing e do posicionamento estratégico que deve ter na empresa. Então, descubra como medir o engajamento dos colaboradores.