Saiba como manter seu colaborador por mais tempo na empresa e evitar, assim, gastos desnecessários com a contratação de novos profissionais

Como diminuir o turnover de colaboradores é uma das principais pautas do RH. Funcionários vêm e vão – alguns ficam anos na empresa, outros apenas alguns meses. Mas quanto mais rápido esse processo de despedida, mais oneroso e doloroso é para as organizações. Quando um colaborador deixa a companhia, leva tempo e dinheiro para encontrar e treinar um substituto.

Por isso, o melhor a se fazer é criar uma política de redução de turnover da empresa, observando indicadores de mercado e de sua organização.

Para te ajudar nessa tarefa, separamos aqui alguns bons motivos para você investir num programa de baixa rotatividade e ações positivas para manter os colaboradores por um bom tempo na sua organização!

Por que diminuir o turnover de funcionários?

Ter uma taxa de rotatividade de funcionários consistentemente alta pode impactar os negócios de sua empresa de várias maneiras. Quando um funcionário pede demissão, as empresas são obrigadas a gastar mais verbas em recrutamento, contratação e treinamento de um substituto.

Conforme divulgado pela Society for Human Resource Management (SHRM), o custo de substituição de um funcionário varia de seis a nove meses do salário desse cargo. Isso significa que pode custar de 90 mil a 135 mil reais para substituir um funcionário que ganha um salário mensal de 15 mil reais.

Mais adiante. Se o funcionário estava na linha de frente de atendimento aos clientes – como um vendedor ou gerente de conta – há ainda o risco deste cliente encerrar os negócios com sua empresa ou seguir o funcionário até o próximo empregador.

Ademais, o aumento da rotatividade de funcionários também pode ter um impacto negativo sobre aqueles que permanecem na empresa. A motivação do local de trabalho tende a despencar e a confiança na gestão da empresa pode ser questionada quando muitos funcionários deixam a empresa em um curto espaço de tempo.

Uma alta taxa de rotatividade pode ainda dificultar a contratação e retenção de talentos. É bom destacar que os candidatos hoje estão acostumados a acompanhar sites que medem a felicidade do trabalho nas organizações. Qualquer deslize e seu possível novo colaborador pode desistir da oferta porque viu um comentário ruim sobre a sua empresa de um ex-empregado na internet.

Dicas para diminuir o turnover de uma vez por todas

Uma alta taxa de rotatividade normalmente significa que seus funcionários estão insatisfeitos com sua empresa. Vários motivos podem levá-los a essa conclusão:

  • Carga de trabalho excessiva
  • Remuneração aquém do mercado
  • Falta de reconhecimento da empresa e do gestor
  • A empresa não oferece oportunidades de desenvolvimento de carreira
  • Eles não se sentem parte integrante da empresa
  • Cultura tóxica da organização

Se você já detectou algumas dessas causas, está na hora de agir contra esses fatores para manter seu turnover saudável. A boa notícia é que você pode usar métodos gratuitos e baratos para diminuir o turnover e convencer os funcionários a permanecer por perto. Confira!

Contrate as pessoas certas

Manter os colaboradores na sua empresa começa com a contratação dos funcionários certos. Provavelmente, a contratação dos colaboradores é baseada no match de competências (especialmente técnicas) da vaga. Mas como esses candidatos se encaixam na cultura de sua empresa?

A contratação de profissionais deve levar em conta a adequação do candidato com o fit cultural. Para fazer essa análise, o profissional de Talent Acquisition deve conduzir perguntas comportamentais aos candidatos na hora da entrevista e ver como eles reagem em determinadas situações.

Além disso, durante as entrevistas, certifique-se de mostrar aos candidatos a áreas de atuação da companhia e falar sobre a cultura do local de trabalho. Os candidatos se eliminarão se não se enquadrarem.
Lembre-se: um excelente candidato que não corresponde ao comportamento e à cultura da sua empresa não permanecerá por muito tempo.

Crie um plano de carreiras

Se os funcionários ficam estagnados em um emprego por muito tempo, eles podem procurar outro empregador onde possam progredir de forma mais constante. A maioria dos funcionários deseja aumentar suas habilidades e conhecimentos e subir na carreira. Mostrar aos funcionários uma trajetória de carreira projetada lhes dá um senso de direção e propósito.

Portanto, a sua empresa deve mostrar a seus colaboradores um plano de carreira claro. Destacando os caminhos de carreira da organização, a partir da posição atual deles. Talvez seja um movimento para cima ou lateral. Seja o que for, deixe os profissionais da sua empresa saberem como eles podem progredir.

Ofereça remuneração e benefícios competitivos

As pessoas querem ser bem recompensadas. Se a sua organização não paga o valor devido aos seus funcionários, eles encontrarão uma empresa que os valorize.

Portanto, ao determinar a remuneração de seus funcionários, é bom conduzir pesquisas de mercado sobre salários. Descubra quanto seus concorrentes pagam e pesquise uma faixa salarial competitiva com base em empregos semelhantes em sua área. Por exemplo, se você deseja contratar um especialista em TI em Curitiba, deve considerar a comparação com outras empresas na cidade e entorno.

Além do mais, cuide com carinho do pacote de benefícios. Pesquise quais são as tendências de benefícios da sua região de atuação e de seu segmento. Mas lembre-se o ideal é oferecer a flexibilidade da escolha ao funcionário. Em outras palavras, ele poderá decidir se prefere vale-refeição ou vale-alimentação, por exemplo.

Conceda elogios e diminua turnover

Profissionais precisam ter sua atuação elogiada de tempos em tempos. Quando os colaboradores fazem entregas acima da média, o ideal é que a empresa e seus líderes tornem o feito público.

Agora, não é uma obrigação da liderança nem da organização fazer elogios a torto e a direito aos funcionários. O enaltecimento das tarefas deve vir logo após a visualização do resultado. Com isso, o objetivo é criar um ambiente de trabalho encorajador e positivo.

Quando os funcionários se sentem respeitados, reconhecidos, desejados e motivados, é mais provável que permaneçam. O melhor de tudo é que esse método para diminuir a rotatividade de funcionários é gratuito, basta usar o dom da palavra.

Permita horários de trabalho flexíveis

Se for possível, permita horários de trabalho flexíveis. A política consente que os funcionários possam criar um equilíbrio entre vida pessoal e profissional. Com a prática, o colaborador poderá ter também mais autonomia para julgar quando é melhor marcar consultas médicas (não precisará faltar no trabalho), e cuidar de outros compromissos particulares.

Quando os funcionários podem viver suas vidas fora do trabalho, eles ficarão mais satisfeitos e menos distraídos durante o trabalho, o que ajuda a diminuir o turnover.