Saiba como investir em sua marca empregadora amplia as chances de atrair talentos

“Eu tenho todas as competências técnicas e a experiência que a vaga solicita. Não sei porque não segui adiante no processo?”. Quem nunca, como candidato, fez esse questionamento? Prover respostas para essa indagação pode fazer toda a diferença para atrair talentos à sua organização.

Do outro lado da moeda, o mercado de trabalho está extremamente competitivo. Existem inúmeras vagas de emprego, mas quantas, de fato, são interessantes para candidatos em potencial? Se atrair talentos que ajudem no crescimento das organizações é uma das grandes preocupações da maioria dos CEOs, que dirão os CHROs. Mas, para tanto, é preciso entender o outro lado: o do candidato.

Há duas questões principais que candidatos levam em conta ao escolher onde trabalharão:

1. Flexibilidade no local de trabalho

2. Transparência na divulgação dos salários

Nas duas situações, talentos afirmam que querem atuar em companhias livres de amarras, com condições de trabalho equilibradas com a vida particular e com cultura colaborativa e transparente. Essas são tendências organizacionais que já estão em curso em muitas empresas, porém nem todas são expostas ao público.

Experiência do candidato é o segredo para atrair talentos

Incentivar o bom employee experience ajuda profissionais a escolherem sua empresa caso sejam aprovados no processo seletivo, assim como buscarem novas habilidades e estarem aptos a ingressar na empresa em outro momento caso não sejam contratados. Agora, se não há comunicação clara e transparente nas interações e feedbacks dados, a experiência com a organização será frustrante logo na largada.

Segundo pesquisa da empresa norte-americana CareerArc, 60% das pessoas consideram ruim a experiência de processos seletivos que participaram.

Além disso, 72% compartilharam essa vivência on-line ou diretamente com alguém – ou seja, a organização conseguiu organicamente angariar detratores da marca e não embaixadores. Assim, potenciais candidatos deixam de ter uma boa imagem da empresa e até mesmo de seus produtos ou serviços.

E as notícias ruins não param por aí. O estudo ainda indicou que boa parte dos candidatos, 65%, não recebeu qualquer comunicado da empresa contratante logo após a aplicação à vaga, o que dá a impressão de que o currículo foi analisado apenas por um robô.

Outro escorregão das organizações está no timing do diálogo com candidatos. Cerca de 50% deles afirmaram receber alguma informação sobre o processo mais de um mês depois da candidatura.

Pensando nisso, selecionamos dicas incríveis para tornar suas vagas mais atraentes.

Dicas para atrair talentos qualificados

Use as mídias sociais

De acordo com o relatório 2018 Global Digital, o Brasil está entre as três nações nas quais a população passa, em média, mais de 9 horas do dia navegando na internet. E é um dos dois únicos países no qual o tempo diário gasto nas redes sociais supera 3 horas e meia. Portanto, a equipe de Talent Acquisition precisa levar esse comportamento em conta ao planejar a estratégia para atrair talentos.

Construa uma reputação e uma forte conexão com seus candidatos nas mídias sociais, compartilhando conteúdos relevantes sobre a cultura organizacional da empresa, o dia a dia das áreas e como elas se relacionam com os stakeholders.

Peça a colaboração do departamento de marketing para promover sua marca empregadora nas redes ou, se precisar, procure ajuda de especialistas em mídias sociais.

Compartilhe vídeos e fotos de colaboradores

Use seus próprios funcionários como embaixadores da empresa em vídeos que retratam a vivência deles dentro da organização.

Essa é a estratégia das marcas empregadoras mais premiadas. Observe as páginas delas. É possível ver quase todos os dias posts com vídeos ou fotos de funcionários. E não é preciso técnica apurada de edição de imagens. Quanto mais naturais os posts, melhor! Afinal, o intuito é retratar a “vida como ela é”.

Crie job descriptions envolventes para atrair talentos

A maioria das descrições de cargo segue um formato padrão. Elas começam com um relato geral da empresa, despejam competências técnicas e comportamentais — às vezes, impossíveis de serem reunidas em um só perfil — e tarefas esperadas. Por fim, há uma lista de outros requisitos desejados e, talvez, um quadro de benefícios.

O problema dessa abordagem é que ela chama pouco a atenção dos candidatos. Além disso, não dá a eles nenhuma pista da cultura da empresa, tampouco do que a organização espera.

Portanto, tente contar um pouco sobre os valores da empresa no job description. Em alguns casos, é possível usar mensagens ou até gifs para encantar um perfil de candidatos.

Infográfico descreve três maneiras de atrair os melhores talentos investindo na experiência do candidato
Arquivo VAGAS

Use inteligência artificial com cautela

A economia de tempo e de recursos promovida com a inteligência artificial nos processos de recrutamento online pode ser redirecionada para o desenvolvimento de atividades e ferramentas mais lúdicas e assertivas para atrair talentos.

O objetivo é fortalecer o lado humano durante o recrutamento, visando encaminhar indivíduos melhores para os times, formar equipes eficientes para as companhias e moldar pessoas para atingir seu potencial máximo.

Embora as plataformas digitais e os algoritmos promovam grandes melhorias ao longo dos processos de recrutamento, nada substitui o contato face to face com o candidato.

Além disso, a inteligência artificial não tem capacidade de tomar decisões sobre a personalidade e as competências de comportamento do profissional, o que um especialista em R&S pode identificar com clareza em um encontro presencial.

Esteja disponível

Na visão de Patrícia Beltran, especialista em RH da VAGAS, o recrutador precisa estar disponível o tempo todo para candidatos.

Portanto, o ideal é respondê-los com atenção e sem demora, visto que, diferente dos colaboradores já contratados, o talento que precisa ser atraído não tem tanta flexibilidade e pode estar na mira de outras empresas.

Vale também tentar fazer uma leitura do candidato, ou seja, observar como ele prefere a comunicação: de forma tradicional ou despojada? Com perguntas mais longas ou mais diretas?

A partir dessa percepção extremamente importante, é possível ter elementos para realizar uma entrevista mais humanizada e, deste modo, atrair talentos de maneira adequada.

Planeje suas entrevistas

Quando for agendar suas entrevistas, pense no melhor local para realizá-las. O objetivo é ter uma boa conversa sobre a empresa, a vaga de trabalho, e as qualidades do candidato. Pense na logística do local para que ele seja confortável e ajude a proporcionar um bom debate.

Na impossibilidade de encontros presenciais, aposte em uma boa ferramenta de videoentrevista ou entrevista em vídeo.

Adote uma aproximação sem surpresas

Em determinado ponto do recrutamento, é preciso ter uma conversa clara sobre salário, benefícios e vantagens oferecidos para a vaga. Ninguém pode ser surpreendido. O RH deve avisar em qual etapa do processo essas questões serão abordadas para garantir transparência e segurança a ambos os lados.

Capriche na recepção e peça feedback

Assim que o candidato aceitar sua oferta, procure modos gentis de recebê-lo na organização. Um vídeo de boas-vindas do CEO, recados dos companheiros de trabalho e a apresentação de um parceiro de bancada podem tornar o primeiro dia de trabalho uma experiência bem mais agradável.

Após a chegada dos profissionais, busque o feedback deles. Pergunte como estão se sentindo no novo local de trabalho e busque respostas para questões como: “estamos entregando o que prometemos durante a contratação?”.

Com essas dicas, você conseguirá atrair talentos facilmente, além de motivá-los a defender sua marca empregadora.

Gostou do artigo? Então também leia sobre tecnologias no RH e recrutamento.

Homem sorrindo para câmera e dizeres "13 Passos para Transformar suas Vagas em Ímãs de Talentos"