Confira cinco dicas para você contratar os melhores profissionais para atuarem em times a distância

Contratar time remoto não é mais um campo desconhecido da área de R&S ou um tabu para as organizações. Dado os avanços tecnológicos, não é mais necessário ficar preso ou vinculado a um espaço de escritório tradicional. Os trabalhadores em diversas áreas conseguem concluir suas tarefas diárias em qualquer local desde que tenham uma boa conexão de internet.

Com o aumento do número de trabalhadores remotos, já em ascensão nos últimos anos e acentuado com a pandemia da covid-19, a tendência é de que a área de Talent Acquision volte sua atenção para esse tipo de contratação que tem lá suas particularidades que devem ser respeitadas. A fórmula usada para a contratação presencial não funciona na admissão de times a distância.

Para ajudá-lo nesta tarefa, vamos abordar, neste artigo, quais são os principais detalhes que precisam ser observados no R&S de times remotos e dicas de como abordar profissionais que atuam bem no home office. Boa leitura!

O que é um time remoto?

São profissionais que trabalham fora do ambiente de escritório e conseguem efetuar suas entregas mesmo com todas as distrações do trabalho a distância. No entanto, o profissional precisa ter um perfil específico para produzir remotamente.

Geralmente, os trabalhadores remotos atuam no home office e alguns dias da semana trabalham de ambientes de coworking também. Mas há agora uma tendência denominada de nômades digitais – pessoas que aproveitam as vantagens da tecnologia remota para trabalharem de qualquer lugar do mundo. Numa semana, o profissional pode usar seu hostel da Bélgica como home base e na, semana seguinte, uma biblioteca em Amsterdã.

Como contratar time remoto?

Já que o trabalhador pode atuar em qualquer lugar do mundo, o recrutador, por sua vez, pode expandir sua busca por talentos qualificados para todos os cantos do globo. É possível, portanto, contratar pessoas que trabalham em diferentes fusos horários. Com uma força de trabalho com localização diversificada, suas equipes podem cobrir mais horas de trabalho, oferecer melhor suporte aos clientes e monopolizar as oportunidades de vendas em diferentes regiões.

Mas, para isso, é preciso antes saber como contratar o perfil de profissional para o trabalho a distância. Recrutar e gerenciar trabalhadores remotos pode parecer intimidador – há muitas diferenças entre o trabalhador presencial, no entanto, se você observar algumas particulares desse processo, em poucos dias você contratará excelentes profissionais com esse perfil.

Mude suas táticas de promoção de emprego

As abordagens de R&S para contratar estagiários e profissionais sêniores são diferentes. As pessoas com esses perfis passam seu tempo em plataformas diferentes, se comunicam de maneiras diferentes e respondem a diferentes tipos de divulgação. O mesmo vale para talentos remotos.

Ter uma boa reputação de marca empregadora online o ajudará a atrair e reter pessoas qualificadas. Verifique, portanto, se a sua marca empregadora tem uma presença digital forte. A comunicação feita das redes mostra a sua organização como confiável? Ela ilustra claramente a cultura da sua empresa? É possível ver nos canais virtuais da companhia o depoimento de colaboradores relatando o dia a dia da organização?

Caso a sua resposta seja negativa a uma ou mais dessas perguntas, volte um passo atrás e reveja o seu marketing de recrutamento online, antes de sair à caça de trabalhadores a distância

Decida e contrate as qualidades certas

Muitas pessoas adorariam a oportunidade de trabalhar em casa, mas a realidade é que nem todo mundo tem a combinação certa de habilidades e experiência para ter sucesso nesse tipo de posição.

No relatório Um home office no fim do túnel, da agência BACKTOHUMANS, são descritos cinco perfis de profissionais que tiveram de atuar remotamente devido ao isolamento social ocasionado pela Covid-19. Como mostra o estudo, nem todos ficaram familiarizados e felizes com o home office. Portanto, não é qualquer profissional que pode atuar a distância.

Então, antes de começar a entrevistar candidatos, considere quais qualidades e habilidades são ideais para trabalhadores remotos.

Habilidades de um trabalhador remoto

Para começar, os trabalhadores em home office devem ser autônomos e independentes. Eles não terão ninguém espiando por cima dos ombros e os cobrando o tempo todo. Em vez disso, eles precisam ter a motivação e o esforço para se responsabilizar. Idealmente, eles serão confiáveis e bem organizados.

Os melhores funcionários remotos também são criativos e tem conhecimento digital. Eles devem ter o conhecimento tecnológico para configurar e executar um escritório em casa e devem identificar quando precisam de suporte externo ou atualizações para seus programas de software. Os candidatos ideais também terão criatividade e engenhosidade para resolver seus desafios sozinhos, com assistência externa mínima ou inexistente.

A comunicação também é fundamental para quem trabalha remotamente. Profissionais a distância devem ser capazes de responder a todas as formas de comunicação em tempo hábil. e comunicar de maneira clara e concisa por escrito. Os melhores funcionários remotos também são ótimos comunicadores verbais.

Teste as habilidades durante a entrevista

Seu processo de avaliação com um candidato remoto começará a partir da sua comunicação inicial com eles. Considere o seguinte: a rapidez com que eles respondem aos seus telefonemas, ou ao seus e e-mails? Eles se comunicam de forma clara e eficaz por escrito e por telefone?

E para ver o nível verbal de comunicação do candidato remoto, provavelmente, o melhor método será a videoentrevista. Nessa entrevista online, use também métodos para comprovar se ele tem boa interação com a tecnologia, afinal ele se apresentará sempre remotamente para os demais membros da equipe. Lembre-se de que observar esses comportamentos ajuda a rastrear a lista inicial de atributos discutimos anteriormente.

Faça as perguntas certas

Com já mencionado aqui, nem todos os trabalhadores que conduzem excelentes entregas no ambiente de escritório conseguem produzir da mesma maneira no modo home office.

Você precisa usar as perguntas da entrevista para avaliar cuidadosamente os candidatos que podem não ser ideais para o cargo e para o ambiente de trabalho.

Levante perguntas nas entrevistas que permitam que você e sua equipe avaliem características e habilidades do cargo remoto. Faça questionamentos que lhe permitam entender o nível de autodireção e capacidade organizacional. Peça cenários específicos quando eles trabalharem independentemente, estratégias que eles usaram para gerenciar seu tempo ou um exemplo de quando eles foram responsáveis por comunicar proativamente o status em um projeto.

Informe-se ainda sobre a tecnologia e as ferramentas que eles usaram para trabalhar remotamente. Pergunte sobre as horas que eles mantêm quando trabalham remotamente e como planejam lidar com distrações e interrupções ao trabalhar em casa.

Princípios orientadores para contratação remota

Contratar e gerenciar times remotos tem lá suas particularidades. Mas uma vez compreendidas essas diferenças, é fácil traçar um roteiro para o seu processo de R&S. Lembre-se sempre desses princípios para orientar seu trabalho de contratação remota:

  • A videoentrevista é uma ferramenta essencial nesse processo
  • Entrevista online também é extremamente importante para o momento
  • Pratique videochamadas regularmente e siga algumas dicas simples para deixar você e seus candidatos à vontade:
  •  Forneça aos seus candidatos todas as informações necessárias no convite para a entrevista.
  •  Verifique se há um plano B, caso a conexão seja cortada inesperadamente.
  •  Configure sua entrevista em um espaço silencioso onde você não será interrompido.
  •  Verifique novamente toda a sua tecnologia antes de iniciar a chamada. Isso inclui hardware (fones de ouvido, microfone) e software!
  •  Seja o primeiro a aparecer! Coloque seus candidatos à vontade por estar presente quando eles ingressarem na sala virtual.
  •  Facilite a entrevista com bate-papo.

Pronto! Você está preparado para contratar os melhores profissionais na atuação a distância

Se você tem dúvidas sobre como cativar profissionais que atuam a distância, veja nossas dicas para engajar colaboradores remotos.