O recrutamento externo seleciona novos talentos do mercado de trabalho para as empresas. Saiba quais são suas vantagens e as técnicas para adotá-lo com eficiência

Quando pensamos em recrutamento e seleção é comum vir a imagem do recrutamento externo, que basicamente consiste na contratação de colaboradores que ainda não fazem parte da companhia.

Em meio a tantas técnicas, ferramentas e estratégias para contratar o melhor profissional para a empresa, esse tipo de recrutamento se destaca com algumas vantagens. Ele garante inovação e novas oportunidades de negócio por meio dos conhecimentos e habilidades desses talentos.

Continue a leitura e entenda o conceito de recrutamento externo, quais são seus benefícios para as companhias e as principais técnicas para incorporá-lo na sua equipe.

O que é recrutamento externo

Esse método de recrutamento tem como principal objetivo contratar o candidato ideal para as posições em aberto a partir da atração de talentos que estão no mercado, abertos a novas propostas de emprego, mas que ainda não integram o quadro de funcionários da companhia.

A busca por talentos nesse processo costuma ser mais lenta e requer bastante atenção, visto que para ter um recrutamento de sucesso o profissional deve ter fit cultural com a empresa, bem como as habilidades e competências necessárias para ocupar a vaga.

Diferença entre recrutamento externo e interno

Os dois principais tipos de recrutamento são o recrutamento externo e o interno. O primeiro, como dito anteriormente, foca na contratação de candidatos que não têm vínculos atuais com a empresa.

Por outro lado, o recrutamento interno é dedicado aos profissionais que já são funcionários da companhia, dando a oportunidade para que mudem de equipe, de área ou para que sejam promovidos.

Outra opção seria o recrutamento misto, que une os conceitos dos recrutamentos interno e externo. Aqui, a equipe de RH busca um novo candidato fora da companhia, mas a vaga também é aberta internamente, dando a oportunidade para que funcionários atuais da empresa disputem pela posição.

Vantagens do recrutamento externo

Esse formato de recrutamento é indicado para as empresas que não querem alterar as posições de seu quadro atual de colaboradores, que não têm em seu time profissionais capacitados para exercer determinadas atividades ou para aquelas que buscam novos talentos, que tragam ideias inovadoras para o negócio.

Confira a seguir algumas vantagens de adotar o recrutamento externo na sua empresa:

Mais opções

Em um recrutamento interno a companhia fica limitada em relação aos talentos disponíveis. No entanto, quando o processo é expandido para o externo, geralmente há um número bem maior de profissionais à disposição e interessados em colaborar com a empresa.

Diversidade e inclusão

Esse formato de recrutamento dá a oportunidade de criar times mais diversos nas organizações. Pessoas com origens, experiências e conhecimentos diversos ampliam a visão para os negócios, o que colabora para o sucesso da organização.

Leia também: Diversidade e Inclusão no RH: o que as empresas devem saber 

Novas ideias

Novos funcionários geralmente trazem novas sugestões para a companhia, abrindo caminhos para outras formas de realizar as tarefas e atingir os objetivos da equipe.  

Maior produtividade

Contratando candidatos habilidosos e capacitados para as vagas, as equipes ficam mais completas e desempenham suas atividades com maior agilidade, resultando em produtividade.

Vantagem de mercado

Ao recrutar candidatos externos, o time de RH tem um contato frequente com profissionais que estão disponíveis no mercado de trabalho. Diante disso, o recrutador consegue traçar um panorama e entender como a sua empresa está posicionada em relação aos seus concorrentes, no que diz respeito a oportunidades, salários, entre outros. Essa ação dá margem para que a companhia mantenha ou adapte o que for necessário para estar sempre à frente.

Desvantagens do recrutamento externo

Mesmo que seja bastante vantajoso para as empresas, é importante ressaltar que também há desvantagens em apostar nesse tipo de recrutamento. A principal é que o candidato selecionado pode ter uma conduta diferente da apresentada durante o processo seletivo, seja em relação ao seu comportamento ou às suas habilidades.

Esse cenário faz necessário um investimento em treinamentos para esse funcionário, ou em casos mais graves um novo recrutamento, dispensando o colaborador. Essas medidas geram custos para a empresa e exigem tempo do time de recursos humanos, o que pode comprometer o fluxo de RH da companhia.

Leia também: Onboarding: 6 dicas para implementar, integrar, reter talentos 

Principais técnicas de recrutamento externo

O processo de R&S é conduzido pela equipe de RH com a ajuda de uma série de ferramentas e técnicas que otimizam as suas etapas. Confira algumas delas a seguir:

Banco de talentos

Todo time de recursos humanos deve ter um bom banco de talentos, afinal, as oportunidades podem surgir de maneira inesperada, e nada como ter bons candidatos pré-selecionados para seguir com o processo de maneira ágil.

Esse banco pode ser construído de várias formas, por indicações dos colaboradores da empresa, pela página de talentos da companhia, onde os profissionais podem se inscrever para as posições, e por processos seletivos anteriores, em que os recrutadores deixam os candidatos em potencial no seu radar.

Plataformas de recrutamento e seleção

A tecnologia é aliada do RH, e os softwares de recrutamento e seleção otimizam os processos de ponta a ponta. Com o recurso de Inteligência Artificial eles ajudam a encontrar profissionais qualificados para as vagas.

Essas ferramentas também divulgam as oportunidades em vários canais, fazem a triagem de currículos, analisam a compatibilidade dos candidatos com as posições, enviam testes e feedbacks e criam relatórios que auxiliam os recrutadores nas tomadas de decisão.

Divulgação da marca empregadora

As empresas devem desenvolver estratégias para atrair os profissionais e despertar o seu interesse em fazer parte delas. Faça com que os talentos conheçam a companhia, divulgue o seu negócio e a sua atuação no mercado em empresas parceiras, em universidades, feiras, eventos, entre outros.

Ajuda de especialistas

É importante que esse tipo de recrutamento seja conduzido por bons profissionais, e caso a empresa não tenha um time de recrutadores altamente capacitado para isso, ela pode contar com a ajuda de especialistas, como uma agência ou headhunters.

Quando é melhor buscar outro tipo de recrutamento

Antes de definir qual tipo de recrutamento adotarão, as companhias devem analisar qual é o melhor método de acordo com as suas necessidades e recursos. 

O formato externo não é indicado quando a companhia espera uma contratação rápida, econômica e altamente assertiva. Diante dessas circunstâncias, os tipos de recrutamento mais indicados são o interno e o misto.

Tirou todas as suas dúvidas? Agora, aprofunde seus conhecimentos em processos seletivos neste guia de recrutamento e seleção!