Com que frequência sua organização tende a reconhecer funcionários por um trabalho bem executado? Ao administrar processos e pessoas, muitos líderes não têm tempo para essas sutilezas, mas saiba que deixar de conduzi-las pode prejudicar os negócios da empresa.

Para líderes que desejam criar uma cultura de lealdade e de alto desempenho é importante colocar em prática uma política de reconhecimento. Estudos indicam que a condecoração de funcionários ajuda a impulsionar o engajamento, a elevar a moral da equipe e, consequentemente, o senso de pertencimento.

Portanto, separamos nesse artigo alguns bons motivos, com indicadores, da prática do reconhecimento de equipe e sugestões de como conduzir esse processo na sua organização. Boa leitura!

O que significa reconhecer funcionários?

O reconhecimento significa dar feedback positivo com base nos resultados ou desempenho. Às vezes, isso acontece de forma formal: um prêmio, um bônus, uma promoção ou um aumento. Em outras ocasiões, o reconhecimento é dado de maneira mais sutil: um agradecimento verbal, uma nota escrita à mão ou um simples parabéns.

Todos esses métodos podem ser significativos, especialmente se forem feitos de maneira oportuna e genuína. Eles também são motivadores e cativantes – afinal, todos querem que seu trabalho seja aplaudido.

Por que reconhecer funcionários é importante?

Certa vez, a famosa apresentadora e jornalista norte-americana, Oprah Winfrey, falou sobre um denominador comum em mais de 35 mil entrevistas que conduziu em sua carreira: o reconhecimento dos entrevistados.

“Devo dizer que a lição mais importante que aprendi em 25 anos conversando todos os dias com as pessoas foi que há um denominador comum em nossa experiência humana … O denominador comum que encontrei em cada entrevista é que queremos ser validados. Queremos ser compreendidos”, afirma Oprah Winfrey.

O que Oprah descreve em sua fala é a apreciação. Quando mostramos gratidão aos nossos colegas, clientes, gerentes e parceiros, temos mais probabilidade de construir confiança e nos conectar. Veja outros motivos para começar, agora, a levar a seria o reconhecimento na sua organização:

Aumentam as chances de diminuir a rotatividade

Oito em cada dez profissionais pedem demissão por causa do chefe. É o que apontou um levantamento, realizado em 2019, pela consultoria de recrutamento Michael Page com candidatos a vagas de emprego.

O estudo destacou que o desempenho abaixo do que se espera de um líder é o principal motivo apontado tanto pelos profissionais que pedem para sair da empresa como por aqueles que estão desmotivados. Em outras palavras, se o líder não tem um bom diálogo com sua equipe e não a reconhece, a tendência é que as pessoas saiam da empresa.

Por outro lado, na Pesquisa de Avaliação de Funcionários da Glassdoor 53% das pessoas disseram que sentir mais gratidão por parte de seu chefe os ajudaria a ficar mais tempo em seus atuais postos de trabalho.

Felicidade no trabalho

Em uma pesquisa conduzida pela consultoria O.C Tanner Co, nos EUA, encontrou-se uma forte conexão entre o reconhecimento e a satisfação no trabalho.

Sete em cada 10 funcionários que receberam reconhecimento por seu bom trabalho disseram que estavam felizes com seu trabalho. Mas entre os funcionários que não receberam reconhecimento, apenas 39% dizem que estavam satisfeitos no trabalho.

Realização pessoal

O mesmo estudo descobriu que um líder pode promover um aumento imediato na satisfação no trabalho do funcionário, em 31%, apenas reconhecendo aqueles que nunca receberam qualquer apreciação de seus superiores.

O estudo descobriu que 80% dos funcionários que foram reconhecidos no mês anterior se sentiram realizados. Enquanto isso, apenas 42% dos funcionários que não haviam recebido reconhecimento, há mais de dois anos, se sentiam realizados.

Respeito e fidelidade

O estudo descobriu ainda que o reconhecimento ajuda a promover a lealdade. Entre os funcionários que disseram que sua empresa tinha práticas de reconhecimento, 87% sentiam um forte relacionamento com seu gestor direto.

Como estimular o reconhecimento de colaboradores na empresa?

É importante estabelecer uma política para reconhecer o trabalho das pessoas, porém, cuidado, existem alguns limites para o reconhecimento:

  • Primeiro, ele é baseado no desempenho, então é condicional;
  • Em segundo lugar, ele é baseado no passado, então é sobre o que as pessoas já fizeram;
  • Terceiro, ele é escasso. Há uma quantidade limitada de reconhecimento – nem todos podem receber um bônus ou serem mencionados nas comunicações internas da empresa;
  • Por fim, geralmente o elogio vem de cima para baixo. Muitas organizações criaram programas que permitem que os colegas destaquem os esforços uns dos outros, mas as principais formas de reconhecimento, promoções, aumentos e assim por diante, geralmente são dadas por líderes seniores.

Além de seguir essas orientações, confira mais algumas dicas antes de implementar a política do elogio em sua organização:

Escute a sua equipe

Uma das melhores coisas que um líder pode fazer pelas pessoas com quem trabalha é simplesmente se desconectar do mundo e dedicar seu tempo à escuta ativa. Ele deve convidar seus liderados, de forma amistosa, a relatar queixas, histórias e propostas.

Importante: não adianta só escutar, é preciso também levar esses questionamentos adiante.

Valorize as qualidades das pessoas

Líderes que ressaltam as competências de sua equipe tendem a ser mais valorizados. No entanto, a liderança deve fazer isso de forma proativa – não porque alguém fez algo ótimo ou porque o líder deseja algo dessa pessoa.

Esse ato singelo pode afetar positivamente o relacionamento entre líderes e liderados e reforçar a cultura da equipe.

Comprometa-se com o reconhecimento o ano todo

Não adianta chegar ao final do ano para ressaltar as conquistas da equipe. O ideal é que o líder incorpore essa ação ao seu escopo de trabalho.

Mesmo hoje, o reconhecimento dos funcionários não é tão comum, ou tão celebrado, como deveria ser. Muitos gerentes optam por não fazer disso uma prioridade, seja porque eles próprios estão muito ocupados ou porque simplesmente não entendem como isso é vital para um local de trabalho próspero.

Recompense

Além de premiar o chamado “funcionário do mês”, a liderança também pode recompensar a equipe que realizou o trabalhou bem em conjunto.

As recompensas podem ser tão simples como um almoço com a equipe, voucher de compras ou até ingressos de apresentações para que a equipe desfrute junta de momentos de descontração. Isso incentiva os funcionários a trabalharem como uma equipe e não apenas como indivíduos.

Interesse-se pelo desenvolvimento de sua equipe

Expressar interesse no desenvolvimento profissional dos funcionários não significa necessariamente pagar por sua educação ou cursos. Mas sim que você, como líder, se interessa pelo crescimento profissional dos membros de sua equipe.

Pergunte, portanto, aos profissionais de sua equipe quais são os objetivos pessoais deles e de que forma você e a organização podem apoiá-lo a alcançar essas metas. Os funcionários apreciarão o interesse e a orientação de sua gestão para realizar seus sonhos.

Agora que você já sabe que reconhecer funcionários é mais do que um dom, trata-se de uma política da empresa, que tal saber mais sobre como fomentar o senso de pertencimento? Aproveite para aprender jeitos simples de agradecer aos funcionários após tempos adversos.