Manter a proximidade com os candidatos durante o processo seletivo é a estratégia mais sustentável para sua empresa. Aprenda como a nutrição de talentos pode te ajudar.

Atrair, engajar e encantar candidatos para que eles se tornem, além de colaboradores, promotores da sua marca empregadora é um dos objetivos do profissional de R&S. Para isso, é vital que você tenha estratégias de nutrição de candidatos bem definidas.

Desde a atração de profissionais para as vagas abertas até o momento de fazer a definição de quem será a pessoa contratada, é muito importante manter as pessoas interessadas e abertas à comunicação com a empresa.

Para entender mais sobre o processo de nutrição de candidatos e qual sua importância, siga conosco no artigo.

Como criar um funil de recrutamento? 

Antes de entender qual o melhor caminho para nutrir candidatos durante o processo seletivo, é preciso estar por dentro do funil de recrutamento, saber sua relevância e como criá-lo. O termo vem emprestado de marketing e vendas (o famoso funil de vendas) e segue a mesma lógica.

O funil de recrutamento é o conjunto de processos pelos quais os candidatos passam enquanto estão concorrendo à posição aberta. O uso da ferramenta traz, para os recrutadores e os demais envolvidos no processo, mais visibilidade e organização de cada etapa.

É possível enxergar dados como:

  • quantos candidatos se inscreveram para a oportunidade;
  • quantos passaram no primeiro teste;
  • quantos compareceram às entrevistas;
  • quantos foram selecionados para conversar com o gestor;
  • quantos chegaram à última fase.

Cada empresa conseguirá extrair dados específicos de seus processos, uma vez que eles variam tanto de organização para organização quanto internamente, de posição para posição. O importante é que o funil siga os passos básicos:

  • atração;
  • conversão;
  • entrevista;
  • oferta;
  • contratação.

Seguindo a estrutura, você e sua equipe desenham o funil de recrutamento mais adequado, com todos os detalhamentos necessários, e começam a entender quais estratégias funcionam para a nutrição de talentos.

O artefato permite olhar para métricas de sucesso, como porcentagem de conversão de uma fase para outra, SLA de fechamento ou até mesmo entre fases e quantidade de candidatos qualificados e não qualificados. 

Os números viabilizam análises para entender quais os pontos fortes da condução dos processos e quais as oportunidades de melhoria.

Como funciona a nutrição de candidato

Vimos que a nutrição de candidatos tem como base o fluxo do funil de recrutamento. É a partir dessa estrutura que o time de RH, como representante da empresa, estabelece um relacionamento com os candidatos que se inscreveram à vaga aberta.

Sempre parta da premissa que o candidato não sabe nada da sua empresa no momento em que ele encontra uma oportunidade que ele entende ser aderente. Dessa forma, o próprio anúncio já deve funcionar como o primeiro passo da nutrição do funil: como o conteúdo da vaga em aberto levará o profissional de visitante da vaga a candidato, efetivamente?

A descrição de cargos é um passo muito estratégico e deve ser pensado com bastante cautela pelo requisitante (em geral, líder ou gestor da área) e pelo recrutador. 

Depois que a candidatura foi efetuada, a nutrição desses profissionais segue na lógica do funil de vendas. Pense em conteúdos para topo, meio e fundo do funil, considerando toda a jornada do processo seletivo.

Note que é preciso estar perto dos candidatos em todas as fases do funil. Há um caminho que se percorre para atraí-los para suas vagas, convertê-los em potenciais colaboradores, qualificá-los e trazê-los para dentro da empresa.

Qual é a importância da nutrição para os candidatos e para os recrutadores?  

A construção de um bom relacionamento entre recrutadores e candidatos é o ponto-chave para o sucesso do fluxo de nutrição para os dois lados. Quando bem-sucedido, o fluxo trará benefícios para todos os envolvidos.

Para o candidato, uma de suas maiores dores é a falta de comunicação com os recrutadores. Isso implica em falta de feedback entre uma fase e outra do processo e o não cumprimento dos prazos acordados, por exemplo. Quando há um canal de comunicação aberto, as questões podem ser sanadas e a experiência do candidato é muito melhor.

Além disso, com os e-mails informativos que fazem parte do fluxo de nutrição, o profissional fica muito mais preparado para entrevistas e para o mercado de trabalho, no geral. Munido de informações, será muito mais fácil se preparar para as oportunidades.

Tudo isso faz com que o candidato se sinta respeitado e valorizado na jornada pela qual ele passa em sua empresa, mesmo que ainda não seja um colaborador ou que não passe no processo seletivo em questão.

Suas contribuições servem muito bem como um reforço positivo da marca empregadora: aqueles que se sentirem impactados pelas trocas e pelas informações, certamente se tornam promotores de sua marca empregadora fortalecendo a empresa diante do mercado.

Além disso, ao montar uma rede de candidatos interessados em fazer parte da organização, a captação de talentos pode ser bem mais rápida. Junto a isso, você conta com pessoas que provavelmente têm fit cultural com sua empresa, uma vez que o interesse em fazer parte da empresa já foi declarado.

Para além dos benefícios e da importância que a nutrição de candidatos tem para a empresa e os processos, você está contribuindo com a oportunidade de pessoas se posicionarem melhor no mercado de trabalho e conseguirem boas chances de emprego. 

Por isso, forneça sempre boas informações, que sejam relevantes para a vida profissional das pessoas.

Dicas de como nutrir e engajar talentos 

Agora que você está por dentro da nutrição de candidatos no processo seletivo, já pode iniciar o processo na sua empresa.

Montamos o passo a passo para você criar o fluxo de nutrição mais aderente às necessidades da companhia. Confira!

Conheça seu público

A primeira ação para o sucesso do fluxo de nutrição é conhecer muito bem seu público:

  • em que momento da vida as pessoas que se candidatam para determinada vaga estão?
  • quais as formações mais comuns entre esses profissionais?
  • há alguma característica que permeia o grupo?

Peça ajuda ao time de marketing da empresa e conheça mais a fundo quem é seu interlocutor. Somente com essas informações você monta um funil efetivo, com conteúdos relevantes e que façam sentido para os candidatos.

Atração de candidatos para as vagas

Aqui, você define como os candidatos vão saber da abertura de oportunidades: via redes sociais, via sites especializados ou outros meios de comunicação.

Para isso, você e sua equipe devem entender em quais canais os candidatos são mais ativos. Isso pode variar de oportunidade para oportunidade: o profissional de contabilidade pode estar em lugares distintos do profissional de engenharia, por exemplo.

Lembre-se: cada vaga é uma vaga, portanto cada público também será um público.

Temas abordados em cada fase do funil

Para cada etapa do funil, leve as informações que mantêm a atenção dos candidatos. Dessa forma, entenda quais temas são interessantes para cada fase. 

Separamos algumas sugestões para você:

  • diretrizes da empresa;
  • boas práticas para entrevistas;
  • como valorizar os pontos fortes;
  • motivos para fazer parte da companhia.

Os temas devem ser definidos levando em conta, além da fase do funil, a posição a ser ocupada e o perfil dos candidatos, como mencionamos acima.

Dica de ouro: entenda quais são as frentes da empresa (marketing, vendas, tecnologia, financeiro) e monte um fluxo de nutrição para cada uma. Dessa forma, você se conectará muito mais com os profissionais.

Frequência da comunicação

É importante definir a periodicidade que manterá os candidatos interessados, mas que, ao mesmo tempo, não os incomode. 

Perceba como anda a taxa de abertura dos e-mails, quem se descadastrou da lista e métricas que apontem para a satisfação dos profissionais.

Ferramenta que será utilizada para a comunicação em massa

Escolha um software de recrutamento e seleção que performe bem afinal, você enviará muitas mensagens de uma só vez e que te permita a experiência completa tanto na comunicação com os candidatos quanto na gestão das oportunidades. 

O Vagas For Business, por exemplo, pode auxiliar sua jornada de contratação, conferindo agilidade e eficiência a todas as etapas do processo.

Coleta de dados

A nutrição de candidatos é um processo que pode precisar de alguns ajustes pelo caminho. Para saber quando é o momento de rever a estratégia, a coleta de dados é essencial. 

Ao coletar e analisar os dados, você e sua equipe entenderão quais caminhos tomar, o que precisa ser alterado e o que deve seguir igual.

Não economize no bom conteúdo

Quem está em busca de recolocação profissional ou de nova oportunidade, precisa estar muito bem informado para se destacar no mercado de trabalho e nos processos seletivos. 

Como recrutador, você é especialista no assunto e pode direcionar os candidatos para as informações mais assertivas. Não tenha medo de entregar conteúdo de qualidade no fluxo de nutrição! Quanto melhor o conteúdo, mais engajamento você terá de volta.

Faça a diferença na vida dos candidatos

Sabendo com quem você está falando e quais assuntos são de interesse desse grupo, você tem uma oportunidade de ouro em suas mãos: fazer a diferença na vida das pessoas. 

Note como uma estratégia de relacionamento tem a potência de fazer genuína diferença na vida dos candidatos e como sua marca empregadora pode estar presente nesse momento.

Será uma super lembrança de marca!

Peça feedbacks

Se o canal já está aberto, o relacionamento é constantemente nutrido e está bem estabelecido, o caminho está livre para você pedir a opinião dos candidatos.

Aplique uma pesquisa rápida e que traga insumos que vão permitir que melhorias sejam feitas.

Nessa pesquisa, é importante entender:

  • o conteúdo faz sentido?
  • a periodicidade é boa?
  • as pessoas sentem falta de algum tópico?

Você já sabe os principais pontos e motivos para nutrir os candidatos para as vagas da sua empresa. Agora chegou a hora de entender a fundo como manter o engajamento de candidatos durante todo o funil de recrutamento.