Cuide dos funcionários contratados remotamente ao reinseri-los no ambiente presencial

Refazer o onboarding presencial será um problema na retomada das atividades no escritório?

Para responder a essa pergunta, é bom lembrar que muitos profissionais ficaram até dezoito meses atuando apenas atrás de telas. Contratados durante a pandemia da Covid-19, esses profissionais atuaram remotamente sem sequer conhecer o ambiente físico da empresa e seus colegas de trabalho presencialmente. A contratação, a integração e o dia a dia de trabalho deles se deu exclusivamente no mundo virtual.

Porém, como o ritmo de vacinação acelerou no Brasil, muitas empresas planejam voltar ao escritório. Aí, fica o questionamento: como interromper a cadência desses profissionais e convidá-los para as atividades presenciais começando pelo novo onboarding?

Para te ajudar nesse processo de desconstrução do “novo normal”, reunimos dicas de especialistas no assunto. Confira e aplique na sua organização!

Da integração digital para o onboarding presencial

Algumas pessoas que nunca colocaram os pés no local de trabalho estão finalmente voltando para o escritório. Mas a sua organização está pronta para “readmitir” funcionários que começaram remotamente e refazer o onboarding presencial?

Quase todas as pessoas que atuaram em home office nos últimos 18 meses podem precisar de uma mãozinha para voltar às atividades presenciais, seja no modelo 100% escritório ou no formato híbrido – alguns dias em casa e outros no escritório.

“A integração remota pode ter sido particularmente difícil para pessoas que são relativamente novas no mundo do trabalho e estão fazendo a transição da escola para o emprego; eles não têm a oportunidade de apenas ver como o trabalho funciona”, disse Art Markman, autor do livro “Bring Your Brain to Work”, ou “Traga seu Cérebro para o Trabalho”, na tradução literal para o português.

Por isso, essa reintegração à organização precisa levar em conta uma série de fatores tais como idade, ramo de atuação, tempo de trabalho remoto entre outros. Todas essas informações serão relevantes para impulsionar a experiência dos funcionários, que começou lá atrás, na maioria dos casos, de forma capenga, em tempos de trabalho a distância.

Como estimular a experiência de reintegração

Nesse novo boas-vindas, o RH precisa ter em mente que muitas pessoas que foram contratadas, integradas e apenas trabalharam remotamente não estão bem adaptadas. Em uma pesquisa sobre o tema, descobriu-se que os novos contratados não se conectam com os valores da empresa ou se envolvem com colegas .

Além do mais, em outro estudo cerca de dois terços dos novos funcionários admitem que o treinamento presencial seria mais agradável e bem-sucedido do que fazê-lo remotamente.

Portanto, é hora de dar um re-start na trajetória profissional desses funcionários dentro da organização. Veja algumas sugestões para que essa jornada de refazer o onboarding presencial seja bem-sucedida.

Reconheça a mudança

Os profissionais da empresa mudaram assim como a cultura organizacional após esse choque entre o mundo presencial e virtual. A reintegração deve refletir essa mudança. Não adianta adotar o modelo de onboarding desenhado antes da pandemia, isso não vai colar.

O RH e os líderes da organização precisarão apresentar a nova organização para os novos e velhos profissionais da casa.

Faça uma nova reintegração cultural

Os colaboradores contratados durante a pandemia podem ter feito algum treinamento cultural durante a integração inicial. Mas será que eles entenderam a mensagem?

Mesmo que eles tenham compreendido a cultura da empresa, será que a empresa também não se reinventou durante o isolamento social? Por isso, não subentenda que a integração já ocorreu e passe por cima desse passo importante na trajetória do profissional em sua empresa.

Refazer o onboarding presencial de forma mais humana

As telas sairão de cena para dar lugar ao contato humano e real. Nesta nova fase do colaborador, reapresente a estrutura organizacional da empresa bem como algumas pessoas com as quais pode recorrer em determinadas ocasiões.

Lembre-se os novos funcionários provavelmente recorriam apenas ao chefe direto e a alguns colegas de equipe para obter mais orientações enquanto trabalhavam remotamente. Agora eles podem obter ajuda mais ampla com TI, RH, folha de pagamento, etc.

Seja atencioso

Faça um esforço extra para ajudar esses funcionários a se sentirem particularmente bem-vindos, como se fosse seu primeiro dia no escritório – porque é!

Considere deixar algo especial em sua mesa, seja um bilhete pessoal, brindes da empresa ou outro pequeno presente. Este é um toque agradável que irá percorrer um longo caminho para fazer os membros deste grupo se sentirem valorizados, cuidados e reconhecidos por terem começado um novo trabalho durante um momento particularmente desafiador.

Protocolos para refazer o onboarding presencial

Oriente os novos funcionários sobre as etiquetas formais do ambiente de trabalho. Como funciona a sala de descanso, uso de materiais de escritório e processos de comunicação.

Se possível, oriente-o também sobre informações menos formais – tais como o melhor lugar para tomar um café, almoço ou uma cerveja no happy hour.

Faça o tour físico no ambiente de trabalho

Ser novo em um escritório pode ser estranho e intimidador quando você não sabe como se virar. É recomendável que os funcionários conheçam o ambiente de trabalho por meio de um tour orientado.

Conduza esses passeios em pequenos grupos para fornecer oportunidades adicionais para os contratados remotos se encontrarem e conhecerem outras pessoas.

Mostre a eles não apenas onde estão situadas a sala de descanso, os banheiros e as saídas de emergência, mas outras coisas como protocolos de segurança, procedimentos de inscrição na sala de conferências entre outras informações.

Eventos especiais para contratados remotos

Os funcionários que começaram remotamente são únicos: eles experimentaram a integração mentalmente juntos, mas fisicamente separados. E eles provavelmente não tiveram muita chance de se conectar ainda.

Portanto, reúna todos os funcionários que foram contratados a distância – em departamentos e níveis – para almoço, café, treinamento, etc. Organize eventos para quebrar o gelo entre esses colaboradores.

Depois de refazer o onboarding presencial, lembre-se de continuar engajando seu time. Para isso, aposte no conteúdo que preparamos sobre experiência do funcionário.