Em 2022, aposte em soluções holísticas e personalizadas para atrair e reter colaboradores

Criar uma experiência do funcionário (EX) fora da caixa é um dos grandes desafios para a área de RH em 2022. Depois de dois anos cheios de incertezas, entre o mundo off e on-line, os colaboradores querem entender como será a jornada de trabalho deles na organização, seja de forma remota ou presencial.

E os empregadores já estão atentos a essa demanda. Mais de 90% das organizações planejam tornar a melhoria da experiência do funcionário uma prioridade em 2022, de acordo com pesquisa da Willis Towers Watson. Nesse sentido, é imperativo que as empresas façam um esforço extra para criar um vínculo com seus funcionários, permitindo que eles sintam certeza, significado, conexão e empoderamento.

Sua empresa busca aprimorar a EX, mas não sabe bem por onde começar? Então, confira nosso artigo sobre o assunto e fique por dentro das dicas!

Experiência do funcionário: o novo modelo

No novo local de trabalho, os funcionários não procurarão as vantagens que tornaram algumas empresas super atraentes na última década – como salas de descanso com geladeiras forradas de guloseimas, happy hours, salas de jogos no local de trabalho e outras experiências que tentavam atrair e reter os colaboradores na organização.

Agora não. Em 2022, uma experiência do funcionário mais aprimorada terá uma abordagem mais holística. Houve muitas perdas físicas e emocionais durante a pandemia e todos foram impactados pelo distanciamento social. Na nova perspectiva de EX, esses impactados e seus desdobramentos precisam ser levados em conta.

Segundo o estudo Panorama da Experiência do Colaborador 2020, da HRTech Pin People, a forma de trabalhar foi uma das mais afetadas pela pandemia de covid-19. O levantamento enumerou desafios e oportunidades para mudar processos de gestão de pessoas tais como investimentos em saúde mental e uma jornada personalizada por funcionário.

“Colocar os colaboradores no centro da estratégia e reconhecer que as pessoas possuem diferentes expectativas e necessidades ao longo de sua carreira nas empresas permitirá às organizações aumentar os níveis de engajamento, bem-estar e felicidade no trabalho, mas também sua capacidade de atrair e reter talentos”, afirma Frederico Lacerda, da Pin People.

Como tornar a experiência do funcionário mais atraente em 2022

As empresas reconhecem a urgência de melhorar a EX à medida que se adaptam à nova realidade e enfrentam os desafios da rotatividade e do engajamento. Então, aqui estão oito maneiras de melhorar a experiência do funcionário em 2022.

Trabalhe com a experiência one to one

Não assuma que a definição de uma ótima experiência de funcionário envolve experimentar tudo com todos! Descubra onde cada funcionários quer que a linha seja traçada entre a vida pessoal e o trabalho.

Mostre mais empatia

Talvez a melhor coisa a fazer agora seja começar a trabalhar a empatia. Quando você aborda a experiência do funcionário do ponto de vista deles, provavelmente encontrará maneiras impactantes de engajá-los.

Mas lembre-se: liderar com empatia significa entender e aceitar que as pessoas nem sempre estão agindo da melhor maneira possível e que os problemas de casa afetam a vida profissional. Trabalhar com essa realidade é a melhor maneira de criar um lugar onde as pessoas se sintam seguradas para atuar.

Adicione um toque pessoal

Faça com que as equipes de sua organização se comuniquem constantemente levando em conta o toque pessoal (seja no modelo presencial ou remoto). Nesse sentido, incentive os líderes a elogiar seus liderados e a ter preocupação genuína com o bem-estar deles.

Faz parte dessa política, dar aos funcionários tempo e oportunidades para se conectar pessoalmente com a liderança pelo menos uma vez por semana. Nesse bate-papo com o gestor, deve-se aprimorar técnicas de comunicação não violenta para entender quais são os anseios profissionais e pessoais do colaborador

Respeite resultados de pesquisas

Os motivos pelos quais os funcionários saem e os motivos pelos quais os empregadores pensam que eles saem, muitas vezes, não se alinham.

Por exemplo, de acordo com um estudo mais de 70% dos funcionários dizem que suas empresas podem evitar a rotatividade melhorando os benefícios. No entanto, apenas 42% dos empregadores achavam que os benefícios eram um problema. Outra disparidade: quase 60% dos funcionários permaneceriam mais leais se a empresa oferecesse aumentos ou promoções não programadas; menos de 40% dos empregadores conduziram essa política.

Você não precisa necessariamente oferecer melhores benefícios e pagar para melhorar a experiência do funcionário. Mas sim descobrir os motivos reais do porquê seus funcionários estão desistindo de trabalhar com a sua organização.

Torne seu colaborador um cliente

O local de trabalho não é muito diferente de qualquer lugar onde os funcionários efetuam compras. Eles falam bem de lojas e restaurantes onde se sentiram valorizados.

Para melhorar a experiência dos funcionários, que tal você considerá-los e tratá-los como clientes em 2022?

Pode ser algo tão simples quanto estabelecer um tempo individual consistente com os funcionários e dar a eles espaço para fazer perguntas, discutir seu desenvolvimento e avaliar o progresso. O segredo é não apenas abordar tópicos profissionais, mas também obter uma medida de como eles estão se sentindo pessoalmente desafiados no trabalho.

Melhore o engajamento

Equipes altamente engajadas experimentam maior lucratividade, redução no absenteísmo e diminuição da rotatividade.

Para promover um ambiente de engajamento, comece criando uma cultura de reconhecimento. Dê a todos oportunidades e ferramentas para reconhecer e recompensar dos feitos dos colaboradores.

Mantenha a opção remota

Goste ou não, muitos funcionários agora esperam que sua experiência de trabalho não esteja exclusivamente presencial. Quase 65% dos funcionários dizem que horários flexíveis e opções de trabalho remoto melhorarão sua experiência e lealdade.

Ofereça mais oportunidades de aprendizado

Muitos funcionários citam as oportunidades de crescimento como uma razão para permanecer no emprego – ou uma razão para ir atrás de outro.

Mas apenas oferecer aos funcionários um monte de oportunidades de aprendizado não será suficiente. Para melhorar a experiência, você deseja dar a eles tempo e recursos para aprender em áreas que expandirão suas carreiras.

O primeiro passo é ajudar os funcionários a estabelecer um plano de carreira. Quando eles têm uma ideia de onde querem chegar, podem escolher um treinamento que os ajude a chegar lá.

O que achou do conteúdo? Se deseja se aprofundar mais no assunto, aproveite para ler mais este artigo como desenhar uma experiência do funcionário completa. Até a próxima!