Um recrutador mediano não apenas impedirá que você contrate talentos valiosos; ele também lhe custará tempo e dinheiro

Encontrar um bom profissional de R&S é uma importante vantagem competitiva para a organização. Um recrutador bem relacionado e antenado às tendências e necessidades dos candidatos pode encontrar e contratar talentos qualificados rapidamente.

Mas nem sempre é fácil se tornar um profissional de excelência na área. Além disso, o pool de Talent Acquision precisou se reinventar durante a pandemia, com processos mais digitais que permitiram manter as atividades durante o isolamento social e redesenharam a forma de contratação na maioria das empresas.

Se essa reinvenção da área foi, por um lado, vital para o crescimento das organizações, por outro lado, aumentou também o passe de bons profissionais na área. Segundo levantamento da revista VC S/A o salário de um especialista em Aquisição de Talentos girou entorno de 15 a 20 mil reais e de um recrutador de 4 a 5 mil reais em 2021.

Em outras palavras, encontrar um bom especialista de R&S ou um recrutador se tornou uma caçada ainda mais desafiadora. Se você quer ser caçado pelas melhores organizações, precisa seguir o ritmo frenético das mudanças e não ficar parado no tempo.
Separamos aqui ainda algumas dicas para que você não se torne um profissional de R&S ruim e acabe perdendo essa oportunidade de se destacar nesse mercado. Confira!

Profissional de R&S: fique atento às novidades do setor

Assim como o universo corporativo passa por constantes mudanças, o recrutador precisa fazer o mesmo. Este profissional deve se manter sempre atualizado de acordo com as melhores práticas de recrutamento e com acesso a novas técnicas que otimizem os processos do setor

Não há mágica para ser um profissional qualificado. Quase todo dia surge uma novidade no segmento, seja no processo de recrutamento ou nos demais pontos da jornada do funcionário dentro da organização que o recrutador precisa ficar atento.

Aqui vale a pena destacar que o profissional de R&S não é mais apenas um selecionar de pessoas ou um mero elo entre o candidato e a empresa. Hoje em dia, para atuar na atração de talentos, é preciso ser criativo e ter conhecimento das áreas de onboarding, employer branding, recrutamento interno e programa de trainee/estágio.

Além disso, atuar em empresas de tecnologia ou startups são diferenciais que estão sendo valorizados nas organizações. Se você não tem experiência no segmento, vale a pena considerar fazer alguns trabalhos freelances para esse tipo de organização e rechear o seu currículo com esse tipo de experiência!

Como identificar um mau profissional de R&S

Construir a imagem de um recrutador concorrido no mercado é uma jornada que pode levar algum tempo. Mas há atitudes que você deve saber logo de cara para evitar se tornar um profissional ruim.

Aqui estão alguns sinais de um recrutador ruim:

Falta de escuta ativa

O sinal número um de um mau recrutador é a falta de capacidade de escutar. Escuta ativa significa ouvir, entender e colocar em prática o que o cliente precisa.

Se um recrutador está sempre fazendo a mesma pergunta repetidamente, pode ser um sinal de que ele não está prestando atenção no que o cliente está falando.

Não tem integridade

Os sinais de um bom recrutador são o caráter e a integridade. Um bom recrutador:

  • Tem uma forte bússola moral e um senso de certo versus errado;
  • Assume seus erros e está disposto a fazer o que for preciso para acertar as coisas;
  • É aberto e honesto com todos no processo, mantendo todos informados sobre tudo;
  • Honra acordos e contratos;
  • Atua da forma mais justa possível em todas as situações

Por outro lado, um mau recrutador não fará nenhuma dessas coisas regularmente.

Não se comunica regularmente

A falta de comunicação é um dos problemas mais comuns entre os maus recrutadores. Candidatos merecem uma resposta (negativa ou positiva) se gastaram o tempo deles se candidatando a vagas de emprego.

Considere o que passa pela mente de um candidato a emprego. Eles se deparam com uma vaga para a qual acham que se encaixam perfeitamente e ficam empolgados com a perspectiva de uma nova oportunidade. Portanto, um bom profissional de R&S deve manter todos os candidatos informados sobre o processo, seja esta uma notícia negativa ou positiva para o candidato.

Dá falsas expectativas aos candidatos

Você deve fazer o possível para não levar alguém a acreditar que está conseguindo um emprego até que seja oficial. Alguns recrutadores são muito positivos e dizem aos candidatos como estão impressionados com seu histórico.

Faça o seu melhor para ser honesto com os candidatos com quem você interage. Mostre que sua empresa tem altos padrões para seus funcionários e você está considerando muitas pessoas. É até uma boa ideia dizer a um candidato quantas pessoas ainda estão sendo consideradas, especialmente quando você entra nos estágios posteriores do processo de contratação. Essa abordagem ajuda os candidatos a manter expectativas razoáveis.

Não se organiza para entrevistas

Grande parte da opinião de um candidato sobre sua empresa será formada durante a entrevista. Recrutadores medianos não se importam em ajudar os candidatos a se prepararem para a entrevista nem em fazê-los se sentir confortável durante esse processo.

Mais uma vez, a comunicação é fundamental. Envie ao candidato um cronograma com antecedência que permita que ele saiba quanto tempo a entrevista será e com quem ele se reunirá. Isso os ajudará a planejar seu dia e pesquisar os antecedentes da equipe de contratação.

Cuidado com os candidatos

Em um processo seletivo, o candidato passa por momentos de insegurança e ansiedade, ainda que esteja bem-preparado. Portanto, um bom recrutador sabe como cuidar desta pessoa e transmitir um feedback pontual e sincero, sem fechar portas quando não houver contratação.

Esta atitude respeitosa ajuda a construir o perfil da empresa para o público que deseja trabalhar no local e deve ser monitorada pela gestão de RH. Ele saberá que, mesmo quando uma oportunidade não for efetivada, a notícia será dada com cautela e que uma nova chance poderá se formar em breve.

Esse artigo te ajudou a conduzir a sua carreira? Se você quer saber outras dicas para se tornar um profissional requerido, que tal dedicar um tempo para a leitura de um artigo que fala sobre a atração de melhores talentos ?